REDESCOBRIDORES DA ALMA!

sexta-feira, 20 de maio de 2022

Somente de SI By Patrícia Pinna





 Ante a visão de um quadro frágil 

De pintura desbotada

Pega-se uma nova moldura e um pincel

Colorindo formas inusitadas


A gota vem de si, um sentir absoluto

Um sopro, uma respiração

Uma emoção divina

Sintonia quase simbiótica

Mas vem parindo a dor

Da transformação equilibrada


E a pintura surgindo vai

Virando vida a ser descoberta

O engatinhar e seu futuro andar

Sem a pressa insana da ansiedade 

Ferindo em sangue e cicatrizes.


Autoria

Patrícia Pinna

Todos os direitos autorais reservados por LEI.


 

7 comentários:

  1. Bom fim de noite de paz, querida amiga Patrícia!
    Que surpresa maravilhosa ter você de volta bem de saúde, já podendo postar para nosso enlevo!
    Como sempre, um poema de fundo de alma tecido, somos assim como um quadro desbotado precisando de uma repaginada para nosso próprio bem.
    A proteção divina faz nossa parto doloroso à fórceps, muitas vezes.
    Dói muito, mas temos as Mãos Amorosas a nos acalentar de todo mal.
    Uma beleza vir aqui agora no findar de mais um dia.
    Tenha um ótimo final de semana abençoado com paz!
    Beijinhos carinhosos e fraternos
    😘🕊️💙

    ResponderExcluir
  2. Que belo regresso este teu, amiga Patrícia, trazendo “o engatinhar e seu futuro andar”... E que este caminhar seja repleto de poesias, sempre ao lado de todos nós que tanto gostamos de ti.
    Beijos e bom final de semana!!!

    ResponderExcluir
  3. O bom desta vida é este reconstruir-se.
    Uma tela inacabada com arte e determinação em inspiração acelerada, há a magia dos pinceis e a imagem toma forma, a obra se conclui.
    Uma bela volta Patrícia e que fique entre nós com sua poesia.
    Um bom domingo de alegria e irradie pela semana.
    Beijo e paz.

    ResponderExcluir
  4. Reinventar o quadro, reinventar-se no espelho, enxergar-se na própria tela e redesenhar a si mesma nessa nova tela. Bonito!!!

    ResponderExcluir
  5. Que bênção ter você de volta com suas inigualáveis poesias.
    Retorno com aplausos, usando a magia da reconstrução. Um maravilhoso poema pra nos levantarmos sabendo que somos capazes de trazer uma nova moldura e um pincel da nossa força interna. Simplesmente maravilhoso minha linda e amada poetisa.
    Os pincéis das nossas vidas sendo coloridos com suas obras.
    Estou muito feliz com seu retorno.

    Beijos na alma.
    Deus abençoe e ilumine esses dom sublime de poetar.
    Rosa Valverde

    ResponderExcluir
  6. Resiliência sempre! Belo texto! Beijos

    ResponderExcluir
  7. Nada melhor que uma repaginada, uma mão de cal, verniz, uma nova edição, uma nova edição.

    ResponderExcluir

A verdade está em mim, sou amante dela com todo o fervor, e desse modo peço que todos que aqui passarem, comentem com a alma, com paixão e verdade, deixando a sua opinião particular e individual, afinal, somos seres únicos com visões diferentes!
Que a alma de cada um de vocês transborde nesse espaço tão meu, tão nosso!
Obrigada e beijos na alma!!!!!!!!!!

Patrícia Pinna.