REDESCOBRIDORES DA ALMA!

domingo, 26 de maio de 2013

TENTATIVAS





Rabiscos e mais rabiscos
Tentativas em vão
Não fluem certeza
Do questionável coração
Tão insípido na sua emoção
Sem sentir a chama da fertilização

Mãos cansadas no vaivém da pena
Tinta que ao fim faz-se anunciar
Escrevendo um quase poema
Balbuciando palavras no pensamento
Que não consegue cadenciar

Existe o silêncio cruel
Sem elevar os olhos ao céu
Sem conversar ao léu
Nem com as estrelas
Tampouco com os mortais

Zumbis com seus segredos
No cubículo quadrado
Impessoal e letárgico
Na mesmice terrena
Cortejando a solidão!


AUTORIA: Patrícia Pinna
Imagens: Internet






48 comentários:

  1. Há momentos em que a alma não consegue expressar os sentimentos, sente-se impotente diante do vazio, e as palavras não saem para o papel... Existe apenas pensamentos que vagam na solidão.
    Lindo poema Patrícia Pina! Parabéns! Bjs.

    ResponderExcluir
  2. As vezes um vazio se apossa de nós e nos foge tudo do pensamento e ficamos letárgicos. Gostei. Bjus Patrícia.

    ResponderExcluir
  3. É olhar que não gera efeito algum e isso é terrível , desastre de desabamento do desamor , desmatamento do querer viver , o nada no meio do branco cinzento . Já não há o cortejamento da solidão mas um mergulho tenebroso no escuro oceano do coração . Ah Meu amor , onde nos perdemos por esse caminho e por quê tantas tentativas , uma vez que o natural seria não tentar mas sim desfrutar ?

    O seu olhar me eleva ao céu mas a vista de quem te olha está vermelha ou poluída ...é tempo de liberdade , é tempo de sentir ar puro , é tempo de mergulharmos em águas cristalinas em outros horizontes , ainda sim estando juntos .

    Tentativas ...

    ResponderExcluir
  4. oi,tudo bem? te achei no log de uma amiga,adorei seu cantinho já estou te seguindo venha mim visitar.evanilda-almeida.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oí Patricia é nesse vai e vem da pena,procurando rabiscar,com certeza irá encontrar o que deverá poetizar!

    bjs amiga
    Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Bom dia,querida Patricia!
    Quando almas se completam,a distancia é apenas um detalhe.
    Mas almas vazias se perdem no infinito ,em murmúrios triste em busca de sua inspiração.

    Tenhas uma semana linda e feliz..
    veraportella

    ResponderExcluir
  7. às vezes, a inspiração teima em esconder-se atrás dos nossos pensamentos..
    e se pensamos..não poetamos..

    bjs.Sol

    ResponderExcluir
  8. Estes vazios sempre se transformam em belos poetar, como este, lindo demais querida Patricia, beijos no coração e lindas inspirações.

    ResponderExcluir
  9. Nesses momentos aonde não conseguimos expressar com palavras escritas aquilo que carregamos na alma, acho que nada nos traduz melhor do que uma lágrima.

    Linda poesia!
    Parabéns pelo cuidado do tecer tuas palavras.

    Um beijo,
    Uma semana repleta de belezas!
    Jhosy

    http://meninamsicaeflor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá Patrícia
    As vezes buscamos inspiração e ela parece se esconder de nós, mas com tentativas, saí um belo poema como este.
    Bjux

    ResponderExcluir
  11. Na adolescência, reparo que o povo reflete mais, depois, vai se calejando e se calando e parando de reparar no que vê, e vira zumbi conforme vc disse.

    ResponderExcluir
  12. retrato vivo e real. Lindo, Patrícia!

    ResponderExcluir
  13. Oi querida
    Não da nem para comentar as belezas que escreves,eu as sinto.
    Obrigada pela visita
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  14. Ler tuas lindas poesias Patrícia é como lenitivos para minha alma,
    Que sempre absorve a essência dos teus versos em inspirações...

    Eu não deixei de vir aqui te ler não. Não venho constantemente como vinha
    Porque antes meu tempo era livre e agora como te falei anda tumultuado,
    Mas sempre que dá venho ler-te apesar de não comentar.

    E te admiro por sua dedicação lendo e comentando todos por onde passa, eu me atrapalho um pouco sou lenta e é muita coisa pra ver que acabo ficando devendo em comentários...

    Um beijo dessa amiga que te quer bem!

    Regilene

    ResponderExcluir
  15. Ainda bem que apesar de todo legargia e toda apática vontade de seguir em frente, seguimos assim mesmo e é nessas horas que flui o nosso melhor.
    belo como sempre querida!
    bjkas doces

    ResponderExcluir
  16. Triste vaguear de pensamento mas à alma poética a inspiração sempre volta. E volta mais bonita!

    Um belo poetar, Patrícia!

    Beijos no coraçao

    ResponderExcluir
  17. De tentativa em tentativa, par e passo, um dia após o outro...
    Assim buscamos o mundo e nos encontramos!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  18. De tentativas que alcançamos o que queremos!
    Lindo poema!!
    Amada, vim agradecer sua visita e carinho.
    Beijos e feliz semana.
    Soninha.

    ResponderExcluir
  19. Olá Patrícia,

    O silêncio e a solidão podem ser benéficos. É só saber aproveitá-los para conhecer-se e evoluir!

    Grande beijo para ti!

    http://omundoparachamardemeu.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  20. Vez por outra somos surpreendidos por momentos assim. Felididades Patrícia.

    ResponderExcluir
  21. Bom dia minha querida !
    Todos os dias se morre. E junto morrem também os esforços,e tentativas,fracassos e as vitórias. Felicidade é saber que em cada amanhecer podemos nos tornar a viver, e sempre pudemos ser melhor do que fomos antes.Ai está o segredo da vitória e a tentativa do viver ...
    bjsssssssssssss

    ResponderExcluir
  22. A cada da que passa devemos ter as
    nossas tentavas, só assim seguiremos adiante
    Um abraão de boa terça de chuva
    Bjuss
    Rita!!!

    ResponderExcluir
  23. Em meio a tantas tentativas, um dia redescobrimos a nossa alma e a de quem amamos, e verificamos que os sentimentos não são eternos, que temos que alimentá-los se o queremos eternamente.
    Que lindo poema!
    Um beijo.
    Van

    ResponderExcluir
  24. Que lindo poema Patricia

    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
  25. Às vezes, Patrícia, um turbilhão de sentimentos nos assalta e nos sentimos prontas para criar um lindo poema como esse.Beijos!

    ResponderExcluir
  26. Lindíssimo este poema. APLAUSOS DE PÉ, poetisa Patrícia Pinna!

    ResponderExcluir
  27. A vida com seus assombrações e busca pelas possibilidades que as vezes nos incomodam. Um belo trabalho Patricia com sua arte que aplaudo.
    Carinhoso abraço de paz e luz.
    Que a poesia seja fiel companhia.
    Bjo e bom feriadão.

    ResponderExcluir
  28. Como entendo esse sentimento, Patrícia.Embora goste muito de escrever, ando com a sensação de que tudo já foi escrito e muito melhor e que me é impossível acrescentar algo de bom...

    O seu poema é excelente, Patrícia, porque desperta para esse tipo de questionamento.

    Beijinho.

    ResponderExcluir
  29. Por vezes esse vazio se apossa,a inspiração se vai ao longe,que bom que sempre é momentâneo,gostei muito deste,deixo um desejo de ótimo feriadão !

    ResponderExcluir
  30. Uauuuuuu, ameiiiiii ! Paty é simplesmente lindíssimo, com uma profundidade de sentimentos que eu me vi um pouco dentro do seu poema.
    O comentário da Severa arrasou!!!
    Minha lindona, parabéns...
    Um ótimo feriado, muita paz,
    Beijo na alma
    Clarice

    ResponderExcluir
  31. o poeta desafoga o coração, enquanto os mudos guardam a dor para si. Beijo

    ResponderExcluir
  32. Oi Patricia,antes de ir consegui dar uma passadinha, como eu gosto de estar aqui e ler os seus escritos...Poeta é assim do nada faz-se tudo. Sem inspiração, sem ideias,sem conseguir motivação, colocas-te no papel essa lindeza...Imagina só quando a inspiração chegar...Minha nossa! Parabéns poeta...e tenha um feriado lindo e doce.
    Beijos com carinho ღ¸.·´¯`
    Marilene

    ResponderExcluir
  33. ...bom dia, minha poeta querida!

    de qqr forma...inspirada ou não,
    és uma fada das palavras
    encantadas!

    bjs, alma linda!


    ....

    acho que corrigí meu erro...rs

    ResponderExcluir
  34. Certezas, incertezas, vazio ou solidão... este é muitas vezes o estar de uma alma que cansa a sua mão ao escrever seus versos...
    Muito bonito Patrícia!!!
    beijos
    anacosta

    ResponderExcluir
  35. Muitas vezes quando perdemos a esperança e pensamos que é o fim,
    Deus sorri lá de cima e diz:
    Acalme-se confia em mim... é apenas uma curva não é o fim!
    Se Deus encheu tua vida de obstáculos,
    é porque ele acredita na tua capacidade de passar por cada um!
    Se não podemos mover a terra com nossas palavras,
    podemos mover o céu com as nossas orações!
    Nossa amizade é como um diamante lapidado...
    Seja feliz, DEUS estará sempre ao seu lado!
    Um carinhoso abraço beijos no coração.
    Carinhos na Alma.
    Sempre sua amiga..Evanir..

    ResponderExcluir
  36. Amiga Patrícia

    A diferença entre um ou uma verdadeira poeta, arremedos de poesia, pode partir do teu espaço. Temos assim que a poesia está no espírito como a tua. Isso é percetível no poema. Tem e o tentar assimilar, foi um bom exercício mental.
    http://danielmilagre.blogspot.pt/
    Beijos de amizade

    ResponderExcluir
  37. Quando o coração transborda de emoções, as palavras não são o bastante para ultrapassar a barreira do indizivel. Mas com esta suposta impotência, transmite o vazio que sentimos nesta nossa incapacidade.
    Muito belo
    Beijnho, Patricia

    ResponderExcluir
  38. Oi Patricia!Muito triste quando há pessoas que mergulham nesse vazio.Poesia linda,de pura inspiração!bjs,

    ResponderExcluir
  39. depois de meses voltei a blogar
    sem inspiração e também não quis forçar palavras falsas como gente mascarada que não fala do coração
    seu poema retrata bem isso e agradeço à visita mês passado em meu blog
    abraços
    voltei à escrever

    ResponderExcluir
  40. Pena mas as vezes necessário...
    Beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  41. que o blog "irmãos de luz" querida irmã, lhe seja a fonte da sede espiritual, que sempre lhe dê forças!
    : )
    Irmão António

    ResponderExcluir
  42. Sempre tentado...é o segredo de atingir ... a meta.

    beijos

    ResponderExcluir
  43. Lindo, Patrícia. .falou de um sentimento tão incômodo como o vazio e ainda assim conseguiu deixá-lo bonito com seus versos. Mas bom mesmo é quando estamos com a alma plena! Um abraço!

    ResponderExcluir
  44. Oi Patricia, gostei tanto do seu blog que inclui ele numa lista de blogs que estou indicando...espero que vc goste ^^

    http://pingentesdeilusao.blogspot.com.br/2013/05/blogs-que-descobri.html

    ResponderExcluir
  45. Boa Tarde Patrícia.. lindos versos como os outros seus que tenho lido... achei legal a parte que voce fala da mão cansada de tanto escrever com a tinta da pena... olha cansa mesmo tenho mais sonetos criados do que passados em manuscrito.. dá muito trabalho e mais de 15 minutos cada um as vezes.. então aos poucos a gente chega lá.. bjs lindo dia e retorno como te falei pois tu tens coisas belíssimas.. até sempre

    ResponderExcluir
  46. Olá, Patrícia...
    Vi vc hoje no Vida & Plenitude e vim por aqui... Ah, fiquei surpresa, pois já faço parte do seu quadro...
    Obrigada pelo carinhoso comentário... Gostei de TENTATIVAS!

    Um abraço... Muita paz!

    ResponderExcluir
  47. que lindo,
    Paty, é muito especial
    nas escritas,adoro...
    Por isso que estarei sempre por aqui linda.

    Bjsss

    ResponderExcluir

A verdade está em mim, sou amante dela com todo o fervor, e desse modo peço que todos que aqui passarem, comentem com a alma, com paixão e verdade, deixando a sua opinião particular e individual, afinal, somos seres únicos com visões diferentes!
Que a alma de cada um de vocês transborde nesse espaço tão meu, tão nosso!
Obrigada e beijos na alma!!!!!!!!!!

Patrícia Pinna.