REDESCOBRIDORES DA ALMA!

sexta-feira, 11 de julho de 2014

Palavras Pesadas By Patrícia Pinna


As palavras saídas dos teus macios lábios
Nem sempre são carícias de amores saciados
Simbolizam o peso de uma cruz solitária
Humanamente quase impossível de carregar
Ouvi-las, causa uma enorme dor, faz desanimar

O eco causado por elas é forte abismo
Tristeza estampada no perdido olhar
Questionador das mudanças num marejar
Longínquo, feito um "Déjà-vu" sombrio, fatalismo

Pintam da mais escura cor o acolhedor céu
Não vê-se as estrelas, as nuvens e nem o luar
Só as ruas do Universo coberto pelo véu
Chamado solidão, onde não quero ficar

Venha a curadora aurora com seu brilho
Libertando-me das correntes em pensamento
Seu sol, seu aroma, gerando em mim, o esperado filho
Libertador do terror de outrora como poderoso esquecimento!

Autoria: Patrícia Pinna
Imagens: Internet



35 comentários:

  1. Boa noite amiga Patricia! Lindo, profundo, intenso e triste clamor, lamento de uma alma solitária....
    Abençoado fim de semana! Beijo no coração!
    Elaine Averbuch

    ResponderExcluir
  2. Bom dia Patrícia Pinna

    Poema divinal onde hoje me identifico. Parabéns.

    Bom fim de semana
    Beijo

    Coisas de Uma Vida 172

    ResponderExcluir
  3. Tristes e tão belos versos.E que venha a aurora, colorida, mostrando novo dia! beijos,tuuuuudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  4. Amiga Patrícia, lindo poetar,as palavras que quando ditas sem pensar podem ser assim, pesadas para magoar, amei ler aqui, bem inspirados versos!
    Abraços linda poetisa!

    ResponderExcluir
  5. Bom dia querida Patricia.. temos sim que cuidar do que sai de nossos lábios.. palavras pesadas ferem como facas quando são lançadas no ar.. as pessoas ainda não entendem por este lado.. a palavra tem poder.. que possamos usar as mais doces sempre para que adocem nossas vidas tb..
    afinal as vezes temos nossa ira. nossa rebeldia.. mas que estas logo passem..
    bjs e até sempre minha querida

    O amor nasce assim
    Tão suave, tranquilo
    E vai crescendo, tomando forma...
    Nos moldando devagarinho
    Acaricia a alma, adoça o sorriso
    Traz calma, faz sonhar
    Transforma homens em meninos
    Meninas em mulheres...
    Nos faz voar, delicadamente
    Então feche seus olhos meu querido
    Sinta meu beijo em seu rosto
    A brisa que te acaricia em sua janela
    É o meu amor que chega até você
    E quando sentir saudades minha
    Dessas que machucam o coração
    Me chame nos seus sonhos
    Que irei até você
    Me encontre em seus versos
    Que te encantarei em meus textos
    Me procure em seus olhos
    Que te acalentarei em meu coração
    Amor meu
    continuidade minha
    Doçura da minha alma
    Presente criado para me fazer feliz...

    ResponderExcluir
  6. OLÁ, COMO VAI? PASSANDO PARA VER AS NOVIDADES E LER BELOS POEMAS.
    PARABÉNS!
    ABRAÇOS

    ResponderExcluir
  7. Olá Patricia,
    Que lindo poema :)
    Escreves bem demais. Bom poder conhecer seu blog. Espero voltar.
    Bjsss
    Blog Fernu Fala II

    ResponderExcluir
  8. A paixão é uma faca de dois cumes. Seu algoz o ciúme, late feito um cão sem razão, apenas por instinto. É um sofrimento talvez, que só tem por uns instantes são vagos contentamentos, flash de felicidade que não dura mais que uma tarde, uma noite talvez, mas logo vira a tortura da posse, da exclusividade, da desconfiança, da busca constante pelo outro, feitos loucos, nossa cara metade, já não nos bastamos.... O amor é a razão, a tão sonhada “garantia de posse”, o ser querido feito pássaro aprisionado, o ideal sonhado, a submissão. Mais qual, ai que o outro se revela, no conforto cotidiano, os contrapontos se ressaltam, se revela de fato quem amamos... Vão por água abaixo muitos dos planos um dia sonhados, docemente idealizados. E nessa condição, o amor vira então uma flor sem cor nem perfume, o tumulo da emoção.

    ResponderExcluir
  9. Há palavras que nos marcam para sempre,mesmo... que nos magoam e nos cortam deixando profundas cicatrizes... e muitas vezes saem de lábios tão doces... é preferível que caiam no esquecimento mesmo!!
    Um abraço, amiga!!

    ResponderExcluir
  10. Quem cultiva a semente do Amor
    segue em frente não se apavora mesmo que muitas das vezes
    não sejam carícias de amores saciados.
    ninguém vai poder atrasar quem nasceu pra vencer. Vc Nasceu pra vencer.

    Desejo que você continue com este seu jeito que cativa a todos e atrai as melhores amizades. Falo isso de coração.

    Bjsss Célia Lima

    ResponderExcluir
  11. Poema lindo com palavras bem doces.
    Adorei amiga Patricia.

    PS.Amiga,gostaria de saber se você está conseguindo acessar o facebook,pois eu não estou.
    bjs
    Carmen Lúcia.

    ResponderExcluir
  12. Ola Patricia,
    É preciso colorir a vida. è bom adoçar as palavras.Eu te diria
    Quando a gente dói, a gente precisa saber formas de cuidar da própria dor com o jeito carinhoso com que gostaríamos de ser cuidados pelos outros, com a delicadeza com que cuidamos de outras pessoas. A gente precisa se ter, antes de tudo.

    Uma ótimo final de tarde com direito ao sol se aninhar no mar.
    PS: não se preocupe com o s ou z do meu nome.rs Voce é sempre bem vinda.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Aquela foi só uma crônica de humor do tipo Agamenon, tudo entra na zueira.

    Poema bonito este que vc escreveu.

    ResponderExcluir
  14. QUE POESIA LINDA!!
    Simplesmente maravilhosa!!
    Sabia que essa vai para o BLOG DO PARCEIRO?

    http://josenidelima.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Palavras proferidas deixam marcas que o tempo tanto teima em sarar ,sempre maravilhosa querida amiga Patrícia muitos beijinhos

    ResponderExcluir
  16. Lindo Lindo poema.
    As palavras tem que ter respeito e doçura para que não machuquem as pessoas.
    Mas acredito que os poetas sentem mais quando são atingidos por palavras rudes e com suas magias conseguem reciclá-las em versos e poemas, aonde a dura pedra da tristesa seja transformada em uma linda flôr. Rosa Valverde ao seu dispor. Amei

    ResponderExcluir

  17. Patrícia querida,
    Hoje passo apenas para agradecer suas carinhosas palavras de conforto e solidariedade.
    Imensamente grata.

    Beijão.

    ResponderExcluir
  18. Patricia minha linda posso dizer
    que esse poema é......
    Brilhante
    Lindo
    profundo


    Bjuss de bom domingo
    Rita!!!

    ResponderExcluir
  19. Emocionou-me ler este poema, Patrícia: não só porque esteja muito bem escrito, mas porque as palavras são, efetivamente, poderosas, curadoras, encantatórias, milagrosas até, se as soubermos usar.
    Parabéns, querida.
    BJO :)

    ResponderExcluir
  20. oi Paty

    Tem palavras que marcam para uma vida toda, portanto sejamos sábias para falar.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  21. Muito bom encher nossos corações de belas e revigorante palavras, é como digo acabei de alimentar minha ALMA.
    Agradecemos por comentar em nossa página.
    Já nas atividades blogais.
    Abraço

    ResponderExcluir
  22. As palavras vibram,existem

    algumas que emitem essa

    vibração pesada. Assim,como

    ressalta o teu belo poema,

    que não devemos alimentar

    essa vibração com os

    pensamentos repetidos.

    A renovação é a chama da

    libertação para nova

    atmosfera (vibracional).

    Gosto muito da beleza,

    profundidade e inspiração

    sempre presentes

    na tua poesia...

    Beijos na (tua) alma,querida!

    ResponderExcluir
  23. Patricia:
    Há palavras que doem mesmo e que precisam ser redimidas. Gostei muito dos seus versos.
    Beijos,
    Renata

    ResponderExcluir
  24. Um ótimo poema, profundo, triste, mas pensativo e intenso.
    Gostei muito Patrícia!
    Uma ótima semana!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  25. Pela manhã há sempre um perfume que nos embriaga e inspira em dias melhores de mais amor e carinhos.
    Linda construção com belo fechamento.
    Carinhoso abraço querida Patricia.
    Beijo de paz.

    ResponderExcluir
  26. Querida amiga, bom dia!
    Quantas palavras fortes e doídas se debruçam sobre nós, pra não ferir e nem sair ferido, precisamos entender que o silencio é bom...Mas sempre haverá um novo amanhecer carregado de doces palavras e céus azuis...Parabéns por mais essa construção poética, carregada de sua emoção.
    Beijos com muito carinho e tenha uma semana muito abençoada.
    Marilene

    ResponderExcluir
  27. Boa noite Patrícia.

    Muito lindo labor, delicado e terno, adorei, parabéns!
    Peço perdão pela ausência, além da falta de tempo minha lista de leitura sumiu (isso me dificulta acompanhar)

    Deixo meu carinho, obrigada pela agradável leitura, abraço.

    ResponderExcluir
  28. LINDO POEMA. Na verdade, soou como um alerta. As palavras ou apenas uma palavra, tem essa capacidade de nos afetar negativamente ou positivamente.Pode nos tirar toda a alegria, ou nos preencher com ela.
    é preciso estar atentos À força das palavras tem.
    bjs. Sábias palavras. Adorei.

    ResponderExcluir
  29. Palavras de melancolia e ausência...
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  30. Olá, querida Patrícia
    A língua ferina é um grande obstáculo para que flua entre nós o amor...
    Quem profere o mal acaba que o colhe...
    Nada como um dia após o outro... o bem sempre vai vencer...
    Poema cheio de lucidez e sabedoria de vida...
    Bjm fraterno de paz e bem

    ResponderExcluir
  31. Lábios macios pronunciando palavras tristes, ecoando um passado quando eram palavras doces, condizentes com os lábios de hoje. Lindo, Patrícia. Parabéns. bjsss

    ResponderExcluir
  32. Patricia,nem sempre o amor usa palavras leves. Tem momentos que as palavras pesam e machucam. Que bonita inspiração! bjs,

    ResponderExcluir
  33. As palavras dependendo de quem diz podem machucar mais que mil facas afiadas, é sempre bom refletir antes de as pronunciar.

    Um belo poema que fala de algo tão sofrido, para cada um de nós.

    Bjks minha linda,
    My

    ResponderExcluir
  34. Oi querida Patrícia, às vezes as palavras machucam mais do que qualquer outra coisa.
    Beijos e boa semana.

    ResponderExcluir

A verdade está em mim, sou amante dela com todo o fervor, e desse modo peço que todos que aqui passarem, comentem com a alma, com paixão e verdade, deixando a sua opinião particular e individual, afinal, somos seres únicos com visões diferentes!
Que a alma de cada um de vocês transborde nesse espaço tão meu, tão nosso!
Obrigada e beijos na alma!!!!!!!!!!

Patrícia Pinna.