REDESCOBRIDORES DA ALMA!

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

PRESSA INSANA




Desejos sufocados num corpo impaciente
Irritabilidade puramente hormonal, cio
Pressa exacerbada, tola
Que impede o amor acontecer

Jovens anseios, claro afã
Poderia a volúpia ser acalmada
Assim sorrir, verbalizando o encantamento


Expressar-se sem escravizar o corpo
Sem aborrecer o semblante
Extasiante é a união a dois
Compreensiva e doadora


A alma, o corpo e o espírito
Misturam-se, tornando-se um elemento só


Plena felicidade primaveril
Cumplicidade de sentimentos
Gozo uníssono
Um tempo favorável a beleza do amor


Relaxamento romântico
Onde os seus olhos
Encontram os meus


Diminuindo a pressão arterial
Desacelerando os batimentos cardíacos
E deixando o vento serenizar


A mente, o corpo quente
Os urgentes impulsos
Que não consegues dominar
Pela insanidade temporária das tuas vontades.



AUTORIA: Patrícia Pinna.
Imagens: Internet.







33 comentários:

  1. É o efeito das diferenças. Gostamos de complementos e, mesmo na locura da entrega,levamos com o corpo a alma, sem pressa.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Oi Patrícia, um poema caliente e encantador.
    A alma, o corpo e o espírito tornardo-se um elemento só... adorei!
    beijos poéticos pra ti!

    ResponderExcluir
  3. Olá Patrícia,

    Como vai?
    Agradeço me ter contactado, mas de qualquer forma, eu passaria pelo seu blog, amanhã. Obrigada.
    Bem, o seu poema é Primaveril, é um hino de incentivação ao amor. Para vocês, que estão no Hemisfério Sul, a vida vai começar a se renovar. Para nós, que estamos no Hemisfério antípoda, começa a queda, até no amor, imagine! Passamos a andar mais vestidos, mais tapados e o desejo parece, que esmorece. Mas, só, parece.
    Que amor é esse, que faz descer a pressão arterial e os batimentos cardíacos?
    No Hemisfério Norte, sucede o contrário (me deixe brincar um pouco com as palavras). Amanhã, brincará você com as minhas.
    Parabéns pelo renascimento da vida, do amor, que tão bem "canta".

    Beijos de luz.

    ResponderExcluir
  4. “Extasiante é a união a dois
    Compreensiva e doadora
    Expressar-se sem escravizar o corpo
    Sem aborrecer o semblante
    A alma, o corpo e o espírito
    Misturam-se, tornando-se um elemento só”

    MUIIIIIITO LINDO GAROTA!!!
    Você é dez!!! isso é muito sentimento...
    É o recado da emoção para um coração apressado...
    Calma coração!!!
    TUDO FICA MAIS BONITO QUANDO HÁ UM
    “Relaxamento romântico”
    PARABÉNS, PARABÉNSSSSSSSS!!!

    ResponderExcluir
  5. Realmente é insana a pressa, já que o prazer se dá na "dor de Camões". O bom é deixar o fogo queimar até se transformar em brasas.
    Acho que essa pressa tem mais a ver com a juventude afoita, que quer o prazer a qualquer custo sem buscar a realização plena que você descreve lindamente em seus versos.
    Lindo Patrícia. Te gosto de montão!
    Beijokas doces

    ResponderExcluir
  6. Belíssimo poema de amor.
    Gostei da clarividência do teu poema.
    Beijos, querida amiga.

    ResponderExcluir
  7. PATRICIA QUE MARAVILHA..... LINDAMENTE PICANTE... Palavras são só brinquedos esquecidos escolhidos torneados aos sentidos de quem escreve e quem lê. Não sei o que há detrás da porta que às vezes não comporta o silêncio incontido, então se expressa em gemidos, sussurro versos doídos, balbucia-se sem sentido até a dor não doer…
    beijos .

    ResponderExcluir
  8. Lembrei do comentário de uma senhora: A minha vida sexual foi assim _Quando ficava bom, acabava.:))Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  9. Boa noite!
    Querida Patricia,

    intenso,sensual,ousado
    ou seja espetaculoso,
    muito bom!

    Parabéns e um abração!

    ResponderExcluir
  10. oi minha linda menina!
    O côncavo e o convexo nps diz tudo...psiuuuuuuuuuuu,calada...deixa a poesia falar por si só...
    Bjssssssssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  11. Pois é. A viagem é fantástica! Uma viagem de ida e volta, sem cessar. Mas quando chegam à apoteose, raios de luzes espargem energias. Entretanto a viagem deve continuar num sono de sonhos profundos!
    Bravo!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  12. Olá Patrícia,
    Que beleza de poema! Pura sensualidade!
    Descrição perfeita deste momento em que a paixão se deixa extravasar enquanto o amor espera.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Nem pressa nem calma demais fazem bem...Tudo se ajusta com o amor...beijos,chica

    ResponderExcluir
  14. Boa noite minha linda!
    Vc é tão gentil nas atitudes,que me deixa a cada dia com vontade de vir mais por aqui,só prá te ver,kkkkkkkk
    Menina! vc nem sabe onde eu te vi,lá no blog do Pedro.
    Passa lá para ver,kkkkkk
    Bjsssss
    http://pedrofransilva.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  16. Olá Patricia, boa noite.
    Passando para retribuir teu carinho.
    Desculpa não ter vindo antes.
    Um lindo poema querida.

    Beijinho
    Fernanda

    ResponderExcluir
  17. Patrícia
    A louca pressa transforma o sonho em uma realidade cheia de paixão. Belíssimo o seu poema, fui me deliciando com cada palavra que lia e degustava.
    Obrigada, mas obrigada mesmo pelas lindíssimas palavras que vc deixou lá no Amadeirado. Realmente, vc conseguiu me tirar algumas lágrimas e me deixou muito feliz. Só quero complementar te dizendo que vc faz parte dessa conquista, com seus comentários repletos de conteúdo e carinho! Te amo, de verdade. Beijokas e um lindo final de semana!

    ResponderExcluir
  18. Patricia




    Ser amigo
    E muito importante para mim...
    A amizade é algo que devemos cuidar com muito carinho e regar todos os dias como se de uma flor se tratasse.

    Pelo meu amigo eu vou até ao inferno.

    Um amigo e um livro dois amores...
    que são um pouco de mim...
    beijos..

    ResponderExcluir
  19. Sempre teremos essa pressa do amor,,,dos desejos consumados,,,da poesia do corpo escrita até o fim, e principalmente o ato de ser feliz...grande beijo de bom final de semana pra ti amiga.

    ResponderExcluir
  20. A última estrofe resume sabiamente todo o poema. Há impulsos que não conseguimos dominar e trazem à tona os instintos mais primários que nos habitam. Mas isso, também faz parte da nossa natureza...

    Bom fim-de-semana

    Runa

    ResponderExcluir
  21. Patrícia, boa tarde!
    Vim retribuir a visita e beber um pouco da sua fonte!
    Adoro as palavras "desacanhadas" que simplesmente diz o que veio dizer: Insanidades e vontades temporárias. Fantástico!
    Ainda bem que existe os ventos serenizadores!
    Obrigadíssimo, pelo carinho do comentário. Volte sempre!
    beijo na alma!

    ResponderExcluir
  22. Olá ! Os Fatos da vida transfomas em poesia , sem dúvida esse é o melhor de você . Presa Insana que você traz o seu ponto de vista sobre um desejo individual . De qualquer forma , em poesia criaste uma arte. Boa tarde .

    ResponderExcluir
  23. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  24. Querida poetisa...!

    Concordo em gênero, grau, e consoante com tudo o que disse! Aliás, quando visitar o meu cantinho, se puder, leia " O Prazer". Também acho que banalizaram o sexo, tornaram apenas objeto de desejo, e não uma linda forma de encontrar o amor, de ser romântico e pleno. Por isto às vezes que não me envolvo tão rápido, porque, principalemte os homens, esqueceram a beleza do olhar, o toque das mãos...Bom, enfim gostei demias da conta do seu lindo poema. De coração!

    Lindo, lindo!

    Beijos amiga e fique com Deus

    ResponderExcluir
  25. Querida obrigada pelas belas palavras.Desejo um ótimo fim de semana cheio de coisas especiais. Beijo grande!

    Smareis

    ResponderExcluir
  26. Patrícia,
    Passando para te desejar uma linda tarde de domingo.
    E atendi sim, na postagem anterior "Quisera eu", escrevi em baixo que era pra você.
    Beijokas doces e muita paz nessa sua linda vida.

    ResponderExcluir
  27. Um domingo cheio de carinho e poesia pra ti amiga e uma linda semana....beijos e beijos.

    ResponderExcluir
  28. Viva a vida com muito amor.
    Mate saudades,enquanto é tempo.
    Peça perdão ,mesmo que seja você o ofendido.
    Recupere o tempo perdido ,procurando ser feliz nas coisas de Deus.
    Faça um carinho,alegrando alguém que esta triste.
    A todo instante,fale uma palavra especial para
    quem necessita ouvir.
    Com seu amor podera fazer mudanças em muitas vidas.
    Creia você pode não mudar tudo nesse Mundo.
    Mais poderá fezer no coração de muitos.
    A morada de Deus.
    Um Domingo na paz e na luz de Jesus.
    Bjs no coração.
    Evanir

    ResponderExcluir
  29. Volotei com prazer! Além de reler seu lindo poema, venho agradecer seu comentário que é sempre como uma bênção.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  30. Que linda descrição de um momento de paixão e amor, adorei a sua leveza poética.

    Te vejo em alguns blogs de amigos e vim conhecer seu blog, você escreve maravilhosamente bem, Patricia.

    Boa semana!

    ResponderExcluir
  31. Uma ode ao desejo, esse poema.
    encantador.
    Semana maravilhosa para você!

    ResponderExcluir
  32. Oi Patricia!!!
    Ecelente poema, cheio de sedução, paixão e muito amor. Tem uma óptima semana. Beijos...

    ResponderExcluir
  33. Oi minha querida...tudo bem com você? Está tudo bem comigo sim, viu? Não sinta-se abandonada de minha presença, é que nos finais de semana procuro dedicar meu tempo de forma mais especial à minha família, então fico um pouquinho mais ausente dos Blogs, mas com certeza, carrego os amigos no coração sempre.
    Boa semana...fique na paz...beijinhos...
    Valéria

    ResponderExcluir

A verdade está em mim, sou amante dela com todo o fervor, e desse modo peço que todos que aqui passarem, comentem com a alma, com paixão e verdade, deixando a sua opinião particular e individual, afinal, somos seres únicos com visões diferentes!
Que a alma de cada um de vocês transborde nesse espaço tão meu, tão nosso!
Obrigada e beijos na alma!!!!!!!!!!

Patrícia Pinna.