REDESCOBRIDORES DA ALMA!

domingo, 22 de janeiro de 2012

SONETO DA METAMORFOSE




Transporta-me indiferente aos dias belos
Querendo os teus olhos ver sorrir novamente
Tentar compreender o que acabou com os elos
Se fomos nós, ou a ação do tempo maldosamente

Somos duas pessoas tão diferentes
De quando entrelaçamo-nos anteriormente
Culpando um ao outro desordenadamente
Ciclicamente viciosas e prepotentes

Inexiste agora, a compassada melodia
Transformou-se em ruídos de dor
Um amor cintilante certo dia


No entanto, sufocou-se demais e morreu
Enquanto vivo porém, pouco sofreu
Encontrava sempre ar puro no seu apogeu. 






AUTORIA: Patrícia Pinna. 
Imagens: Internet.



42 comentários:

  1. Querida a vida passa e nos transmutamos nossos sentimentos, nossos sonhos e nossos relacionamentos. Afinal a vida é qual um rio que vai levando tudo, limpando suas proprias águas e assim é nossa vida. Não devemos lamentar pelo que passou e acabou, tudo que vivemos faz parte da nossa existência e assim vamos vivendo a partir de pedaços de vida, onde vamos tecendo nossa história.
    Beijokas doces e uma semana memorável pra vc minha amiga linda e poetisa maravilhosa.

    ResponderExcluir
  2. Que coisa mais linda
    Quanta inspiração,
    versos soltos, fluidos
    do teu coração...
    Que importa se são lamentos
    glorias tua de amor então,
    foi vivido com magia,
    de certo nada foi em vão...

    Minha querida
    versos com sentimento, de sensibilidade
    impar e não importa em que sentido,
    falar de amor é tão bom...

    Eu te escrevi, conforme mandaste teu mail,
    estou a aguardar o teu retorno.
    Fica bem patrícia e tenha uma semana
    muito feliz...

    Bjs

    livinha

    ResponderExcluir
  3. Belo e forte poema. No amor, muitas vezes há começo, meio e fim.Beijos

    ResponderExcluir
  4. Lindo dia!
    Que o teu despertar te traga mais razões para abraçar essa vida...e muitas razões para continuar amando...nas tristezas dos teus versos encontro uma pontinha de desejo,kkkkkkkkkkkkkk
    bjs minha linda menina!

    ResponderExcluir
  5. SEmpre inspirada,Patricia e só podemos te aplaudir.

    Linda semana pra ti e tuuuuuuuuuuuudo de bom! beijos praianos,chica

    ResponderExcluir
  6. Patricia querida, os amores são sempre tristes, msm os mais lindos, pq todos são mortais.
    Bom vir aqui, bjão e linda semana

    ResponderExcluir
  7. Sentidos versos minha querida... e a metamorfose continua sempre e com ela tantas coisas vão mudando, por mais que nem sempre a queiramos.
    Que seja linda sua semana, amiga,
    Beijos
    Valéria

    ResponderExcluir
  8. Patrícia

    Que o amor seja bom enquanto dure. Que termine hoje, amanhã ou depois...que importa?
    Que fiquem só as boas recordaçãos, os bons momentos. Que a mágoa se dilua e a tristeza se apague.
    Linda metamerfose.
    Beijinhos com carinho.

    ResponderExcluir
  9. Amor é pra ser vivido intensamente e lembrado em seus momentos mais sublimes! Abraço, Célia.

    ResponderExcluir
  10. Oi linda,

    Obrigada pela visita, adorei os teus comentários.
    Muito bom teu momento poetico, o amor consiste de momentos eternos, por isso somos apaixonantes e apaixonadas.

    Bjs e uma ótima semana.

    Auxiliadora

    ResponderExcluir
  11. querida patrícia!

    belo e verdadeiro!

    o importante no amor9em minha p opinião)
    é respeitar os ciclos começo,meio e fim e não
    deixar que o termino acabe com os belos momentos de outrora!

    ResponderExcluir
  12. Patricia,que primoroso soneto de amor!O amor realmente pode transformar-se e transformar as pessoas!Lindo demais!bjs,

    ResponderExcluir
  13. Impossível evitar as mudanças. Algumas nos trazem alegria. Outras, a melancolia da saudade, ao percebermos que não as desejávamos e sequer as alimentávamos. Por fim, passamos, também nós, por essa metamorfose, alterando o foco de nossos corações.

    Grande beijo!

    ResponderExcluir
  14. minha querida

    Quando o amor vai ficam as recordações sempre...boas ou más, como sempre os teus poemas são intensos.

    Deixo um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  15. Oi Patricia!
    Dificil não passar por essas mudanças.Somos modestos em pensar que sentimentos são coisas passíveis de serem controladas.
    Adorei os versos.
    Beijos e ótima semana!

    ResponderExcluir
  16. Um belo soneto Paty, vc é como é, sempre nos presenteando com suas filigranas maravilhosas. Quero que saiba que sou um fã de carteirinha e tenho pot vocẽ uma admiração inenarrâvel. Um beijo poetisa linda.

    ResponderExcluir
  17. Olá minha amiga querida, fiquei muito comovida com as suas palavras de preocupação!
    Felizmente comigo não aconteceu nada, foi somente problemas com a internet, que aos poucos já vão sendo solucionados.
    Apesar de não conseguir ainda manter o contato que fazia, já vou conseguindo entrar e dizer olá...!!
    Mais uma vez minha amiga obrigada.
    Um beijo lindo para você

    ResponderExcluir
  18. Linda! Sempre nos encantando com suas poesias.Bjs

    ResponderExcluir
  19. Amei . Talento hein não é pra qualquer uma . Realmente escreves de uma imensa sutileza . Beijos na Redescoberta imensa da sua alma !

    ResponderExcluir
  20. OI PATRICIA!
    NÃO FOI ESQUECIMENTO, ATÉ PORQUE FOSTES UMA DAS PRIMEIRAS PESSOAS QUE ENTROU NO MEU BLOG, DEIXANDO UM COMENTÁRIO CARINHOSO COMO NORMALMENTE O FAZES, FOI MUITO IMPORTANTE PARA MIM, NAQUELE MOMENTO E SEMPRE.
    UM ABRAÇO CARINHOSO.
    TUA POESIA É LINDA.
    http://zilanicelia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  21. Oh, Maravilhosa Poetiza Perfeita e Amiga:
    Escreveu este poema de amor com o seu coração doce e terno. Fabuloso.
    Adorei, sabe? É extraordinária e sensível.
    Quanto pureza vai em si e no que faz. É uma delícia lê-la. Fascina.
    Parabéns sinceros.
    Brilham e arrebatam, os seus versos puros.
    Beijinhos mil de respeito pelo ser genial e fantástico que é.
    Com respeito e sempre a admirá-la.

    pena

    A sua visita foi um sonho.
    Adorei.
    Bem-Haja, pela sua preciosa amizade sempre e sempre.

    ResponderExcluir
  22. Paty minha linda!
    Vim só ver como anda os desejos dessa minha amiga querida,kkkkkk,tbm venho deixar meu carinho prá ti,pois és muito amada e querida...
    Eu tenho uma afeição pelas tuas escritas que me faz voltar sempre para te ler,sabia que fico bisbilhotando tuas escritas,kkkkkkkkkkk,e por cima me deliciando.Escreves como desejo ler...
    bjs de um dia maravilhoso!

    ResponderExcluir
  23. Quando se entrelaçam corpos, almas e corações, essa melodia de amor estará eternamente no ar...beijos de bom dia pra ti amiga querida.

    ResponderExcluir
  24. Belo o teu soneto Patricia!


    Beijos,
    AL

    ResponderExcluir
  25. Olá Patrícia . belíssimo poema .
    A vida requer trasformação , sempre positiva , caso contrário , a existência é da transformação negativa . A vida é assim no final das contas : Triste !
    Mas tem os seus momentos de alegria e nesses momentos deverão ser saboreados profundamente , pois são os momentos preciosos da alma .
    A Vida requer Vida , a vida requer vivacidade , o amor requer luz e milhares de energias , o amor é fogo ! ! !
    É necesário transforma-se para iver bem .

    Belo poema. Beijos e boa semana .

    ResponderExcluir
  26. Você é sempre presente e amiga. Faz comentários preciosos e muito me alegra. Obrigada!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  27. Sua amizade transformei na minha felicidade, Minha felicidade é ver sua
    visito no meu blog.
    Hoje não consigo expressar toda minha alegria, simplesmente levando
    uma colinha só para saber de você.
    Triste seria para mim se nem isso pudesse fazer mais ..
    Eu quero apenas estar sempre perto de você é esse o unico meio que
    no momento Deus esta me permitindo.
    Tem momentos que devemos entender nossas limitações.
    e acima de tudo agradecer a Deus pela vida.
    Cada lágrima ensina-nos uma verdade e
    nos tornamos mais fote no sofrimento.
    Paz e Luz.
    Beijos meus no seu coração..Evanir
    Eu adorei seu poema mina linda amiga.

    ResponderExcluir
  28. Olá, parabéns pelo seu blog.
    Te convido a conhecer o meu,
    http://carmasepalavras.blogspot.com/

    ;)

    ResponderExcluir
  29. O amor nem sempre é eterno...
    Belo soneto.
    Beijo, querida amiga Patrícia.

    ResponderExcluir
  30. Boa noite!

    Com licença,

    Seu blog é show!

    E se me permitir estarei sempre por aqui.
    Sou novato nesse negocio de blog ,mas deixo
    Um convite para conhecer o meu canto!



    http://confissoesdomalandro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  31. Olá minha querida,
    passando novamente para dizer que estou
    atenta as tuas inspirações, pois que
    estou de volta a casa após as minhas
    mais estreitas navegações...

    Obrigado sempre pelo teu carinho
    no conforto de tua alma...

    Linda semana

    Bjs

    Livinha

    ResponderExcluir
  32. Bom dia Patricia, seja bem-vinda ao meu cantinho as portas sempre estão abertas, menina adorei o que li por aqui,muitomuito bom,,, bjs

    ResponderExcluir
  33. adorei a sua escrita.
    escreve com a candura da alma.
    abraço.

    ResponderExcluir
  34. Patrícia

    O Amor eterno existe se estiver enraizado na verdade dos sentimentos; sussurrará se as raízes não descerem do coração.
    Lindo.

    Beijos

    SOL
    Élio

    Bela referência Histórica duma época em que fotografar começava a ser popular.
    As fotos testemunhas os acontecimentos e, posso afirmar, estão magníficas.
    Parabéns, também, pelo texto que as acompanham; torna tudo mais esclarecedor.

    Abraços

    SOL
    http://acordarsonhando.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  35. Muito bonito apesar de triste. Mas muitas vezes encontramos beleza na tristeza.
    Abraço :)

    ResponderExcluir
  36. Voce escreve muito bem!
    O amor necessita de cuidado. E isso não significa que tenha prazo de validade, né? É eterno enquanto dura. Enquanto é verdadeiro e real pra dois.

    Beijos Patricia!
    Voce escreve intensamente, revela o que de belo existe em seu alma que até o triste fica encantador.
    Linda noite pra ti querida.

    ResponderExcluir
  37. Que lindo soneto, Patrícia!

    Você está se revelando, hein?

    Infelizmente, as relações se alteram com o decorrer do tempo ou com os desgastes naturais da convivência e o que se viveu um dia perde seu brilho inicial e encantamento.

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Li seus versos e achei de pura verdade....às vezes um pode sufocar o outro, né! Como achar um equilíbrio....?
      Por que o amor tem que começar bonito, e muitas vezes acabar feio?!...

      Beijos querida e parabéns por este poema/reflexão ( que se enquadra mto na vida de cada pessoa)

      Excluir
  38. Sonante criação poética menina telento, muito obrigado pelo o deleite, estarei sempre por aqui. Um beijo em ti.

    ResponderExcluir
  39. Boa Tarde querida Patrícia!
    Que soneto magnífico! Metamorfose do amor... Ui!
    Vim agradecer a sua visita lá em meu cantinho! saiba que você é e sempre será muito bem vinda lá!
    Desejo-lhe Alegria e Benção em seu coração flor!
    Grande e carinhoso abraço da amiga Pérola! :D

    ResponderExcluir
  40. Sonetista de talento fabuloso !!!!
    Está tornando a sua especialidade !!! Amo seus diversos talentos no ato de escrever . Estou cada vez mais apaixonado por você . Sonetista poetisa talentosa !!!! Vamos Patrícia ! Nossa casa é a vitória !!!!

    ResponderExcluir

A verdade está em mim, sou amante dela com todo o fervor, e desse modo peço que todos que aqui passarem, comentem com a alma, com paixão e verdade, deixando a sua opinião particular e individual, afinal, somos seres únicos com visões diferentes!
Que a alma de cada um de vocês transborde nesse espaço tão meu, tão nosso!
Obrigada e beijos na alma!!!!!!!!!!

Patrícia Pinna.