REDESCOBRIDORES DA ALMA!

sábado, 4 de fevereiro de 2012

DAMA MALDITA!


Hoje eu vi o meu irmão
O meu, o seu, e o de todos
Sem conseguir equilibrar o corpo


Olhos quase cerrados
Pés trôpegos e descalços
Amando a companheira infiel
A que temporariamente dá-lhe prazer
Contudo, rouba-lhe os sentidos


Oh mente que não raciocina
Que deixa-se levar pela sedução fácil


Muitos ais eu suspiro
De tristeza e indignação
Por ver essa lamentável destruição


Quanta vida perdida
Totalmente ferida
Precisando de alguém
Para não deixá-la cair ao chão


Coluna de sustentação
Prestes a desmoronar
Desabando literalmente


Seu corpo agora não conhece o equilíbrio
Mental, físico e espiritual


Hoje eu vi o nosso irmão
Sofrendo e enterrando-se
Numa grande e mortal ilusão
Que certamente corrói o nosso coração


Dor, muita dor em ver
Toda falta de bem querer
Você, dama fatal, implacável e feroz
Seduzindo incansavelmente
Sem piedade sequer
Tens de mim, o mais acirrado desprezo!


Alegria real, tem de ser a natural
Sem artifício perigosamente banal




 Bom seria se o nosso irmão
Não fosse movido pela curiosidade
Nem tragado pela dama
Em qualquer idade
Ou fizesse o "teste" da famosa "liberdade"
Resultando numa pseudo aceitação social


Dama que envolve em teias firmes
Vitimando todas as classes sociais
Fazendo dormir os seus ingênuos 
E dependentes cavalheiros
Digamos NÃO à essa dama maldita
Chamada DROGA!!!!!!!!




AUTORIA: Patrícia Pinna.
Imagens: Internet.


66 comentários:

  1. Morte em vida, essa sedução.

    Beijos, Patricia!

    ResponderExcluir
  2. Boa noite!

    Patricia,

    muito semelhante com
    o meu poster de ontem,
    infelizmente meus olhos também contempla
    a destruição dessa dama,que ceifa a juventude
    dia a pós dia, destruindo casamentos,levando
    jovens ao crime e prostituição.

    Parabéns querida!

    um abraço e bom domingo!

    ResponderExcluir
  3. Pior minha querida, é que hoje nem podemos dizer que é falta de informação, as pessoas (a maioria) entra nessa pra experimentar o "barato", para mudar a rotina ou pra não ficar deslocada de um grupo.
    Droga é uma desgraça seja em qualquer classe social, em qualquer cultura. E geralmente a pessoa cava a sua própria sepultura.
    Cabe-nos orientar aqueles que estão a nossa volta e ficar alerta para qualquer indício de que ela anda presente.
    Muito pertinente o tema que abordaste.
    Beijokas doces

    ResponderExcluir
  4. OI PATRICIA!
    BOA ESCOLHA DE TEXTO COM UMA ABORDAGEM MUITO BEM FEITA
    FAZENDO=NOS PENSAR, PORQUE TODOS SOFREMOS AO VER ALGUÉM ESCRAVO
    DESTE VICIO.
    PRECISAMOS DE LEIS MAIS SEVERAS, PAIS MAIS ATENTOS?
    ISTO E MUITO MAIS PARA LUTARMOS CONTRA ESTA PRAGA QUE É A DROGA.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Infelizmente, é um problema que se alastra rapidamente.
    Beijocas e um domingo delicioso, amiga!!!!

    ResponderExcluir
  6. Parabéns e esse teu poema deveria estar num jornal, ter ampla divulgação.

    Pena, mas essa dama existe e tantos entram na dela... beijos, obrigado pelo carinho,de volta, derretendo as banhas de calorão aqui, chica

    ResponderExcluir
  7. Amiga Patrícia, parabéns pelo texto.A droga, no fundo, é uma droga.Coincidentemente, vou postar em meu blog algo sobre o assunto.Retornei ao seu blog e gostei de tudo o que vi por aqui.Bom domingo e uma semana de luz para vc.Bjs, Rubi.

    ResponderExcluir
  8. Patrícia

    Quanta dor nestas palavras. A dor de pais, de irmãos de familiares que têm a infelicidade de ver um ente querido cair nas malhas dessa dama que destrói, corrói e mata!
    E ao ler este texto eu dei graças pela benção de não fazer parte deste grupo que vê seus filhos cair em desgraça.
    Meu beijo com carinho.

    ResponderExcluir
  9. Cara Patrícia, tudo o que vc escreve é muito intenso.Vem de sua constatação real do mundo que nos cerca. Continue assim, abrindo os olhos do mundo.

    Beijo na alma.

    ResponderExcluir
  10. Muitas vidas se perdem, se consomem por vontade própria...são caminhos perdidos escolhidos..uma bela semana pra ti amiga...beijos e beijos.

    ResponderExcluir
  11. Oh, Linda e Pura Amiga:
    Um texto que chama a tenção pelos que enveredam pelo mau caminho da vida.
    Escrito com pureza e verdade.
    Oxalá, não existisse essa corrupta teia devastadora que se envolve em torno dos jovens.
    É solidária e notável na sua escrita apelativa de mudança comportamental nada fácil, por vezes.
    Beijinhos amigos a um Ser Humano enternecedor e doce, VOCÊ!
    Com respeito e sempre a admirar o que concebe de pertinente de reflexão urgente na existência de todos nós.

    pena

    ResponderExcluir
  12. Patricia querida!!QUE PERTINENTE ESSA REFLEXÃO....O crack na própria definição de alguns usuários é a “raspa mais profunda de um lixo produzido pelo capeta”.....(Dama fatal)... (COM BEM DIZ O SEU TEXTO E A FOTO...BEM ESCOLHIDA)o fato interessante também segundo os usuários é o clima não só de terror ou paranóia , mas a imensa carga negativa criada pela droga, já que diversas pessoas morreram brutalmente na cadeia de produção e venda da mesma. Inicialmente a droga era consumida quase que por indigentes digamos, (nos estados unidos é conhecida como a cocaína dos mendigos), para após se disseminar em todas as classes sociais; o fato é que guardando as devidas proporções, é uma droga que leva o individuo `a total mendicância, mantendo parece seu rótulo de origem. Diz-se que vários outros tipos de drogas induzem ao uso do crack, tipo maconha e álcool. A afirmação é absolutamente verdadeira, pois se ativa uma euforia que é a base para o início do consumo do crack, o que leva a aceleração em nossa sociedade, seja o crack que irá matar mais rápido, anabolizantes, sites de namoro que aceleram os relacionamentos, cortando fases cruciais dos mesmos, cirurgias de estômago para apressar regimes, então se criou também uma droga acelerada em todos os aspectos (dependência e efeitos colaterais).ESTÁS DE PARABENS MEU ANJO.E OBRIGADA PELA OPORTUNIDADE DE TE LER.

    ResponderExcluir
  13. Olá querida Patrícia!
    Muito obrigada por sua agradável visita! Saiba que você é e será sempre bem vinda lá em meu blog!
    Ah.. perfeito poema! A droga é uma Dama maldita, sedutora, inebriante e mortal! amei a forma incrível que você descrevestes esse verso, que torna-se uma reflexão!! Você é incrível Patrícia!
    Ah.. já postei o final da estória 'Encontros E Desencontros do Amor'. Quando puder apareça por lá!
    Grande Abraço!

    ResponderExcluir
  14. Patrícia

    Essa malfadada dama existe e insinua-se.
    Os cuidados devem "nasce" desde o berço, pela escola, pela formação humana.
    Um homem verticalmente educado, dificilmente se curva diante dum amor que pode (e leva) á degradação.
    Belo o teu Poema de grito e alerta. Saibamos lê-lo e interiorizá-lo para nós e nossos filhos e netos.
    Parabéns por esta abordagem.

    Beijos

    SOL
    http://acordarsonhando.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Poetisa Patrícia Pinna !!!!!!!! O que eu li foi um clamor ! Um grito e todo seu poema foi uma unção a conscientização ! Você mais do que ninguém sabe da minha afeição e opinião em relação aos poemas de cunho social . De fato nega , esses poema são de uma importância granidosa , pois nascem de uma indignação presa na garganta do cidadão e ao ler essa riqueza surge naturalmente uma identificação , uma identificação social , e para aqueles que não vivem essa situação da mesma forma é importante inserir nesse quadro reflexivo , uma vez que nesse mundo não estamos seguros eesse problema pode acontecer com o seu filho , mesmo esta família sendo de uma classe social alta , a droga não perdoa e como mencionaste poéticamente dentro do plano crítico realístico ataca todas as classes . Mesmo uma família que tenha estrutra não só financeira capaz de dar a educação em seus inúmeros setores como arte , idioma , música , esporte etc ...A droga é umoferecimento do diabo à sociedade e traz consigo desgraça , miséria e sofrimento , e o maior de tudo : A destruição da família . Uma vez que uma vida é seguida por inúmeras vidas. Por isso , subestimar é a pior coisa , conversar , conscientizar a melhor , sempre !!!!
    E o seu poema foi isso ,além de beleza na escrita que tanto há , a ideia acerca da conscientização e realidade dos fatos , como suas devidas consequências foram impecáveis e importantes. Tu és poetisa que da sua alma extrai uma arte de sobra para seus leitores , o que tens a oferecer é da medida dos ocenanos . Parabéns amada !!! Sou seu fãaaa rs .
    Tenha uma semana abençoada . Te Amo !

    " Alegria real, tem de ser a natural
    Sem artifício perigosamente banal "

    Sempre !! A alegria brotada naturalmente é bem melhor e mais verdadeira !!!!


    " Bom seria se o nosso irmão
    Não fosse movido pela curiosidade
    Nem tragado pela dama
    Em qualquer idade
    Ou fizesse o "teste" da famosa "liberdade"
    Resultando numa pseudo aceitação social "

    Amei esse seu grito na penúltima estrofe !!!! Que Grito de Protesto forte , de iniciativa a conscientização !!!

    Estás de Parabéns , Seu blogger daqui a dois meses fará um ano e podes bater no peito com alegria , orgulho e satisfação que estás fazendo um ótimo trabalho . PATRÍCIA PINNA E REDESCOBRINDO A ALMA MERECE RESPEITO , CARINHO E ADMIRAÇÃO !!!!!!!

    DESDE JÁ EU AGRADEÇO A SUA OBRA QUE É TUDO PRA MIM !!!!!

    ResponderExcluir
  16. Minha amiga,
    Estais a se surpreender a cada dia.
    Não tenho palavras para expressar o que
    se sente diante de tão profunda leitura.
    mas dizer que somos todos frageis,
    vitimados pelas desventuras de nossas
    fraquezas mundanas.
    Na alegria somos atrevidos e nem pensamos
    o que pode vir a acontecer, mas perante a
    tristeza, somos covardes, buscando formas
    ligeiras de esconder coragem quando ousamos
    pensar que não somos capazes de vencer
    as lutas que nos chegam como testes, provas essas
    da vida...
    Todos temos razões e que não se atreva a se colocar
    em duvida, tudo por querer dá justificativas
    a nossa ignorância...

    Meus parabéns pelo texto poetico
    de real sensibilidade...

    Bjs

    Livinha

    ResponderExcluir
  17. Uma tristeza que você soube colocar de forma bela, em versos.
    Sempre são oportunas esses clamores. A bruxa se traveste de fada e encanta, só mostrando a maldade quando domina.
    Parabéns!!!!

    Bjs.

    ResponderExcluir
  18. Muito linda sua poesia!
    Forte, nos prende na leitura. Tristes versos, mas cheios de sentimentos intensos que nos envolve. Parabéns e obrigada pela sua visita.

    Bjinhoss XD

    ResponderExcluir
  19. Querida que lindo e triste poema. Que tuas palavras sirvam como um grito de alerta contra qualquer tipo de droga que vai ceifando e destruindo muitas vidas.
    Parabéns!Obrigada bela amiga por tuas visitas no meu blog e seus generosos comentários.
    Dias ensolarados.Bjs Eloah

    ResponderExcluir
  20. É muito triste presenciar, certas coisas mesmo.
    Muito bem escrito teu texto, e bem profundo.
    Droga é uma droga mesmo!

    Beijinho Patricia.

    ResponderExcluir
  21. Olá querida Patrícia,

    Um louvável grito contra as drogas que ceifam a vida de nossos jovens, levando os lares à dor e destruição.

    Parabéns!

    Tenha uma ótima noite.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  22. Oi! Como sempre, lidando muito bem com as palavras. Parabéns! Bjs

    ResponderExcluir
  23. Oi Patricia, que beleza de poema e reflexão, uma inspiração maravilhosa!
    Beijos e uma semana feliz pra ti!

    ResponderExcluir
  24. Oh minha querida alma de poeta..!
    Muito bem escrito, direto, realmente gotoso de se ler! É uma triste, nefasta realidade, que aprisiona as almas e as joga no deserto, na escuridão, na morte...

    Vc consegue brilhar a cada poesia!

    Bjos
    Ana

    ResponderExcluir
  25. meu Deus amiga! Achei muito bom que se tenha servido da poesia para focar um tema cujo conteúdo é tão dramático e tanto sofrimento causa...
    Meus parabéns
    Um beijo amiga

    ResponderExcluir
  26. Minha querida

    Realmente uma das piores tragédias do nosso século...quantas vidas destruídas por essa MALDITA.
    Como sempre muito belo e intenso o teu poetar, adoro ler-te.

    Beijinhos com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  27. Boa Tarde Amiga Querida.
    Senti uma pontinha de amargura no seu comentário no meu blog
    seja o que for nunca de brecha par ninguém te magoar ou entristecer seu lindo coração.
    Quanto ao seu poema parece uma oração até mesmo uma suplica
    a Deus.
    Já li vários textos mais o seu poema é lindo e muito triste.
    A tal droga maldita detonadora de jovens com morte precoz e lares de luto.
    Amada seu dom é divino e eu adoro vir aqui ler você.
    Uma linda e feliz semana beijos no coração e carinho na sua alma.
    Evanir.

    ResponderExcluir
  28. A droga é um flagelo mundial.
    Por isso, exige respostas mundiais, que teimam em tardar.
    Excelente poema, gostei muito das tuas avisadas palavras.
    Patrícia, querida amiga, tem uma boa semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  29. Patricia

    O poema é muito interventivo, cabe às autoridades estarem e serem estimuladas, por estas manifestações. Quem um dia cai, só por si, não se levanta.
    Beijos

    ResponderExcluir
  30. Patricia,uma poesia que alerta e conscientiza!Ficou muito bonita e comovente!bjs e boa semana!

    ResponderExcluir
  31. Intenso, profundo, e infelizmente real, gostei do tema abordado, precisamos de mais pessoas como você no mundo, que passem para frente uma mensagem como esta.

    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  32. Olá Patrícia, boa noite! Já algum tempo encontro seus comentários nas páginas de amigos em comum. Então hoje tomo a liberdade de seguir seu link e acessar sua página para conhecer seu espaço! Espaço lindo! Todo florido e com perfume de rosas... Parabéns!

    Um texto forte e dolorido este seu. Ao iniciar a leitura pensei que tratava-se de uma trama amorosa; mas vejo que a dama aqui retratada não é nada amorosa.
    Realmente foi um prazer conhecer seu espaço! Gostaria de passear por aqui mais vezes se desejar...
    Uma linda noite!
    Ange

    ResponderExcluir
  33. Oi Patricia...fantástico seu poema querida...sempre triste demais quando a droga, esta dama tão perigosa faz companhia a tantos, fazendo com que se percam na ilusão do vício.
    Minha flor, tenha um bom dia e uma excelente semana, beijinhos
    Valéria

    ResponderExcluir
  34. Tenho alguns amigos da época do colégio que estão perdidos nas drogas.As vezes me pergunto porque eles e não eu ou os outros?Penso que as drogas só entram onde tem portas abertas para elas entrarem.Ela apenas deixa à vista algo que deu muito errado.Como já disseram... talvez na educação, tanto a de casa como na escola...

    Mais um belo poema, querida.

    Beijos

    ResponderExcluir
  35. Pat,lindinha,esse seu poema merecia um premio de tão perfeito e belo!!Um beijo querida gostei muito!!

    ResponderExcluir
  36. Boa noite!
    Eu não sou muito à frente hoje para visitar os meus blogs favoritos.
    Na verdade, "Chris está em um freezer agora!" pelo menos 15 ° durante a noite. o que mantém o frio não é?
    Agradeço-lhe por sua visita e especialmente para o seu comentário no meu primeiro post no Dia dos Namorados.
    Cada povo também que deixam um comentário a cada dia, haverá mensagens e imagens diferentes, vou acrescentar que para as minhas visitas.
    Espero que seu dia foi muito bom hoje.
    Desejo-lhe uma noite muito agradável
    beijos Chris

    Imagem de Valentine
    http://nsm07.casimages.com/img/2012/02/08/1202080107091250289410084.gif

    ResponderExcluir
  37. Essa droga é uma droma mesmos... quantas vida ceifadas, lares acabados, mãos que gemem nos procénios do mundo; perna arquejantes por conta dessa dama infernal.Bela sua forna de protesto minha doce menina; lhe daria o premio maior em um concurso de melhor criação poética.Um beijo moça talento.

    ResponderExcluir
  38. Patricia, que interessante todo enredo, muito bem bolado, surpreendente! (foi muito criativa, com um final que deu todo desfecho)
    Você fez um desabafo, um apelo, uma observação que muitos se negam a ver,por que a droga encanta, seduz, parece ser inofensiva, mas destrói qualquer ser. É uma praga mesmo! E depois de tantos estragos familiares e tanto mal à sociedade ainda tem pessoas de braços cruzados, autoridades rindo de tudo isso e alguns fazendo uso dessa desgraça.
    Mas que bom que tem pessoas como voce que não se intimidam. E usam um bela composição poética como protesto, e ficou ótimo!

    Obrigada pelo seu carinho, por sentir minha falta, ando escrevendo menos, e vindo menos nos blogs, mas qd li seu comentário, gostei muito, gosto de te receber. Fico feliz!
    Obrigada pela sua amizade, ainda que virtual!
    Beijos e tudo de bom!

    ResponderExcluir
  39. Passando pra deixar aquele abraço e reiterar o quão bom é o texto!!

    ResponderExcluir
  40. Adorei o seu comentário lá no Cores.

    Mais que um poema este seu texto.Uma declaração do bem, um protesto em poema.
    Um beijo
    Te seguindo também

    ResponderExcluir
  41. Minha amiga
    Fiquei realmente encantada com tanto sentimento que esqueveu tudo que li,pois só na mais profunda sábedoria alguem poderia escrever tudo que vc escreveu.
    Tocou realmente o meu coração,sua palavras cairão como uma verdadeira luva para as pessoas que nesse momento com certeza esta precisando de ler essas palavras.
    Parabéns amiga
    Adoro vc
    Beijos
    Neinha

    ResponderExcluir
  42. Quando li lembrei-me de Vida e Morte Severina...
    Texto comparativo ao mundo tão nosso e tão cruel...
    bjs minha linda!

    ResponderExcluir
  43. Boa Noite Querida Amiga.
    Como já comentei seu lindo poema venho uma vez mais
    para desejar um feliz final de semana.
    Eu também estou com saudades de falar com você .
    Beijos no coração.
    Evanir.

    ResponderExcluir
  44. Patrícia querida, que desabafo nesse teu poema, chegou a doer cá dentro de mim.
    Um protesto que merece aplausos.
    Quanta tristeza envolve esse mundo sem volta.
    Só peço a Deus que proteja nossa juventude, os afaste dessa dama que é cruel e acaba com os sonhos, com as perspectivas de um lindo futuro.

    Você está de parabéns!
    Beijos com carinho enorme no teu coração.

    ResponderExcluir
  45. Olá!
    É um grande prazer conhecer seu blog e poder ler o que escreves.
    Acredito que quando escrevemos com prazer conquistamos amigos e fiéis amantes das palavras. Sabemos o quanto é difícil levar a nossa voz, as nossas angustias os nossos sonhos às pessoas. Mas o mais importante é saber que você e eu gostamos daquilo que fazemos.E acreditamos que o mundo pode se tornar bem melhor através de nossos escritos.
    Grande abraço
    Se cuida

    ResponderExcluir
  46. Patricia...

    Belíssimo texto... é uma pena realmente o que a droga é capaz de furtar... leva-se a vida, deixa o fosco no olhar, alguns segundos de prazer e uma eternidade de sofrimento...

    realmente lamentável...

    beijo enorme !!!

    ResponderExcluir
  47. texto pungente, minha querida patrícia.
    quantas vezes a ideia da imortalidade nos conduz às quedas precoces?

    beijinho!

    ResponderExcluir
  48. Passando para deixar-te um abraço
    na torcida de que a inspiração esteja
    sempre presente dentro desse teu
    coração tão terno e sensível...

    "Acredito que os filósofos voam como as águias e não como pássaros pretos.
    É bem verdade que as águias, por serem raras, oferecem pouca chance de
    serem vistas e muito menos de serem ouvidas, e os pássaros pretos, que
    voam em bando, param em todos os cantos enchendo o céu de gritos e
    rumores, tirando o sossego do mundo." [ Galileu Galilei ]

    Abraços fraternos

    Livinha

    ResponderExcluir
  49. Oi,Patrícia. Primeiro obrigado pela visita, volte sempre, é um prazer./// Olha meus parabéns, um texto forte, importante, de quem se preocupa com lado social. Eu também. Fico chocado quando vejo na tv imagens das várias cracolândias espalhadas pelo país. O crack não é só o grande mal do século, é o último, pois depois dele, acho que não haverá mais nada, vai dizimar juventudes. Uma pena. Paralelo a isso, outras drogas também perigosas são vendidas legalmente como cigarro, e claro, a cerveja em propagandas maciças recheadas de glamour, carrões e mulheres bonitas, como foi o cigarro divulgado nos anos 60,70. Beijos.

    ResponderExcluir
  50. Um belo poema e uma forte reflexão!

    Beijos

    ResponderExcluir
  51. muito pertinente, patrícia, a droga é, sem dúvida, o mal do século...

    bom fim de semana, doce amiga

    ResponderExcluir
  52. Oi minha querida, voltando pra te reler e para te desejar uma maravilhosa semana, beijinhos
    Valéria

    ResponderExcluir
  53. A Olá, para lhe desejar um
    Feliz Dia dos Namorados
    http://nsm07.casimages.com/img/2012/02/10/1202100632341250289420436.gif

    beijos
    Chris

    ResponderExcluir
  54. Boa tarde amiga,
    Venho lhe desejar uma linda semana coberta de muita paz e amor!
    Sua presença é muito importante em meu cantinho, por esta razão veio lhe agradecer o seu carinho de sua amável visita sempre.
    Assim que poder acesse o link
    http://www.mariaalicecerqueira.com/2012/01/degustacao-do-livro-vida-nossa-de-cada.html
    e leia a degustação do meu próximo livro! Vida nossa de cada dia!
    Obrigada de todo o coração!
    Abraço amigo
    Maria Alice

    ResponderExcluir
  55. Oi Patricia vi te visitar e conhecer seus trabalhos.
    Muito lindo e bem elaborado!
    convido você a me visitar e fazer parte do meu grupo de amigos.
    sua presença será muito importante.
    muito obrigado!!

    ResponderExcluir
  56. Patricia

    Não sei o que está acontecendo. O comentário não entrou no blog e ficou na caixa de mensagens. Não uso moderador e isso não poderia ter ocorrido. Não é a primeira vez e fico preocupada porque, se não tivesse avisado, eu não saberia. Eu o copiei lá. Você é uma pessoa que lê, é atenta e se manifesta com propriedade, sobre tudo. Uso o IncredMail e as mensagens passam direto, nem entro no hotmail. Vou ter que começar a fiscalizar. Se perceber isso, novamente, por favor, me avise. Já aconteceu com outros amigos.
    Grande beijo.
    Marilene

    ResponderExcluir
  57. Caramba !!! Eu pensei que nunca iria chegar no formulário retangular para comentar ...até porque 66 comentários não é pra qualquer uma não hein , ou melhor , agora 67 contando com o meu. Parabéns nega , só tenho a te parabenizar por esse poema . Lúcido , realista e forte que nos traz uma reflexão social . Bela e importante mensagem. Isso mostra que seu talento é versátil , pois não se prende a só um estilo e isso me encanta . És formada em poesia em carne e alma !!!! Maravilhosaaaa !!!


    Faz letras neguinhaaaa !!!

    ResponderExcluir
  58. Correção 61 comentários e não 67 . Perdão meu amor pelo erro , e parabéns pelo seu acerto : A sua existência !!!! Ah eu não poderia me despedir sem uma palavra de intensidade . Beijos no cuore amada !!!

    ResponderExcluir
  59. Oie, Patrícia...
    Desculpe o atraso, menina!
    Assim que li o primeiro terceto, incrivelmente pensei em drogas, porém, na continuação, que é bastante ambígua, mudei meu pensamento, acreditando ser um "dor existencial do amor", o que não deixa de ser também, mas logo, na terceira estrofe tive a certeza de ser um Poema de Alta Qualidade, Ambíguo que nos leva a refletir sobre o poder destruidor das drogas que bate à porta de qualquer cidadão. Você faz realmente um instrumento pensante sobre o que são as drogas, como "ela" brinca nesse jogo de sedução perigoso, sobre uma suposta curiosidade que parece ser "alheia", ou seja, não acontecerá comigo, diz a pessoa nessa história de angústia...e quando menos é esperado, o indivíduo é laçado nessa teia, emaranha-se e, encontrar a saída, pode ser algo o qual os "pés trôpegos" já não o conseguem fazer, se o fazem é um milagre que tem de acontecer.
    Ótimo!
    Coloque seu Poema em um Concurso, pois é um Manisfesto aos cuidados da Saúde! Ao Alerta necessário!
    Um abraço carinhoso,
    Sandra

    ResponderExcluir
  60. minha amiga, essa é a maior praga que já vi em nossa sociedade. Não escolhe idade, classe social, cor, religião, enfim, qualquer um de mente fraca, sem fé, nem respeito por si e aos seus cai nessa terrível maldição. Comovente texto querida. Fica com Deus!

    ResponderExcluir
  61. Intenso e interessante. Trata bem a realidade dos dependentes.

    ResponderExcluir
  62. Olá Patrícia.

    Parabéns pela poesia. A droga, desgraça social que se instalou no mundo devido a ambição desmedida pelo poder.
    Desculpa, não consegui vir aqui antes nem ir ao blog do Marcos, Blog do Bicho do Mato, derivado a problemas de saúde.

    Beijinhos,

    Cris Henriques

    http://oqueomeucoracaodiz.blogspot.com

    ResponderExcluir

A verdade está em mim, sou amante dela com todo o fervor, e desse modo peço que todos que aqui passarem, comentem com a alma, com paixão e verdade, deixando a sua opinião particular e individual, afinal, somos seres únicos com visões diferentes!
Que a alma de cada um de vocês transborde nesse espaço tão meu, tão nosso!
Obrigada e beijos na alma!!!!!!!!!!

Patrícia Pinna.