REDESCOBRIDORES DA ALMA!

quinta-feira, 19 de março de 2015

Poesia Salvadora! By Patrícia Pinna



Ah, poesia rica de amor, repleta de dor
Uma ilusão, uma tormenta cheia de medo
Um segredo bendito e somente meu
Brinca comigo feito criança, tira a venda 
Dos meus olhos e me ensina a contar até dez

Com a graça da felicidade
E sem os impulsos infantis
De mãos dadas com o sorriso
E a gargalhada nada censurada
Vem proteger-me com o teu calor de mãe bondosa
Com a luz da estrela mais graciosa

Ah, poesia, és tu a minha salvação
Um alçapão seguro contra a nulidade
De uma vida extremamente miserável

Graças a ti, plena de luz e misericórdia
Um dom de Deus usando o simples mortal
Que no instante em que escreve
Torna-se imortal vestindo vestes brancas
Em versos abraçando o Universo
Com a essência esplendorosa e nobre
Intimamente humilde e verdadeira
Não cesse, em mim, jamais essa brincadeira!

Autoria: Patrícia Pinna
Imagens: Internet




32 comentários:

  1. Poesias enchem nossos dias de amor e alegria.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  2. Acróstico

    Porquanto um poeta em alumbramento
    Ouve estrelas no firmamento, pois não!
    Reconhece aquele feeling no momento
    Que a poesia deste mundo é a salvação.

    Um dom da natureza usado pelo mortal
    Ela, a poesia, brinca com rimas e rosas
    Apodera-se da imaginação em alto grau
    Passeia pela literatura que não é prosa.

    O poeta, a essência do homem recolhe
    Em perfeita comunhão com o intangível
    Se a poesia paixão e felicidade escolhe
    Imagina, então cria universo impossível.

    A poesia ilumina aqui e muito mais além
    Refinando tudo em versos e mais avança
    Ela todo o romance deste mundo contém
    Declara amor à vida e também à criança.

    Imagine um Planeta que poesia não tem
    Menos arte e alguma estética que cansa
    E, talvez, milhares tons de cinza também.

    ResponderExcluir
  3. Soneto-acróstico
    À dor

    Apenas com cores, flores e saudade
    Poetas não conseguem fazer poesia
    Onde houver dor e certa dificuldade
    Eles liberam sua alumbrada magia.

    Sem algum mal que corrói o interior
    Inerte se torna a inspiração do vate
    Algum desconforto mais alguma dor
    Precisam agir para um bom remate.

    Roubando os males desse Planeta
    Ele traduz romance em seu verso
    Com o poeta portanto não se meta.

    Insisto que toda dor desse universo
    Seja libertada de qualquer grilheta
    Assim no amor o vate estará imerso.

    ResponderExcluir
  4. O que era eu sem a poesia??

    Este poema ficou soberbo! Amei

    Deixo um beijinho e desejo de um dia feliz

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  5. A tua poesia, salvadora!
    escrita com imaginação
    por simpática linda senhora
    guarda o amor no coração.

    Apaixonada poetisa,
    pelas letras tem razão
    te desejo Patrícia Pinna
    paz e amor no teu coração!

    Para você amiga, um beijinho.
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  6. Querida amiga; obrigada pelas palavras carinhosas deixadas la no blog. O amor e a dor caminham juntos, infelizmente. Mas, ainda nos resta a fé, a esperança e a poesia. Caminhar é preciso e que possamos extrair disso, a força necessária para prosseguir.
    Linda e muito sentida poesia, querida! Beijos

    ResponderExcluir
  7. A Poesia é um elemento salvador, seja na alegria, seja na tristeza ou na dor.
    Mesmo os mais tristes pensamentos ou sentimentos, na pena de quem escreve, podem torner-se belas e singelas Poesias.



    Beijos


    SOL

    ResponderExcluir
  8. Jamais há de cessar! LINDA!!! Adorei! bujs, tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  9. Olá minha querida amiga e poeta Patricia, já gostei da ilustração, uma menina dançando entre letras, deliciosamente metafórico...gosto de dizer que a poesia vai salvar o mundo, e tu dizes que é nossa salvação, e tens razão. Sempre tentei imaginar de onde vem a poesia, como ela se torna imortal, se é de um mero mortal que ela se concretiza...mas daí fui crescendo, lendo, descobrindo e tentando entender (até hoje rs), e sinto ao ler este poema, que para mim parece o nascimento de um poema, ou, da poesia que existe no mundo. Gosto de dizer também, que a poesia trata dos mais variados temas, situações e até desgraças, mas com a poesia podemos rimar dor com amor, e as imagens criadas através das palavras, e ou, dom de quem escreve é maior que a própria situação, está acima do bem ou mal de tal situação, pois nos descreve de uma forma que suportaremos, que até admiraremos, fatos, sentimentos ou qualquer coisa que na letra fria é ruim, mas na forma de poesia, vem a leveza para se suportar a dor, o amor que se foi, ou a alegria de encontrar o amor, enfim minha poeta Patricia, fazes um poema que conta a própria história da poesia, como sai de nós e como se torna imortal. E o mais comovente, para mim, é o pedido do poeta ( da poeta Patricia), que este dom seja uma fonte sem fim, pois sempre haverá a necessidade da poesia na existência humana. Um poema que representa todos os poetas, todos os poemas, todos os sentimentos. Bravo, minha amiga, divaguei rs e amei este poema.
    ps. Carinho respeito e abraço.

    ResponderExcluir
  10. A poesia é sempre salvadora...
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  11. Patrícia, a poesia é realmente algo indescritível. Seja em qualquer momento da nossa vida, seja ele bom ou ruim, ela está ali para salvar-nos.

    ResponderExcluir
  12. Comovente, linda
    A Poesia éum bálsamo em nossas vidas, ela falar do amor, da dor,
    da paixão, da tristeza e consegue trazer beleza e versos.
    Amei desde a ilustração até seus doces versos.
    Obrigada por nos comtemplar cok tamanha magnitude.
    Rosa Valverde

    ResponderExcluir
  13. É na poesia que encontro boas leituras! Poetas que podem nos deixar, mas que nos deixam riquezas fantásticas de leituras como essa sua Patrícia... que alicerça nossa energia de vida!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  14. Tudo e belo quando e feito com muito amor e dedicaçao ,a poesia liberta-nos desta monotomia que as vezes a vida se torna ,um lindo escape de liberdade do pensar e sentir ,muitos beijinhos querida amiga Patricia.

    ResponderExcluir
  15. A poesia um brincar constante com as letras transformando desilusões, dores e desamores em esperança, dando nova cor a existência! Lindo poema e parabenizo-a amiga Patrícia Pinna. Boa noite! Bjs no <3

    ResponderExcluir
  16. Em ti a poesia se fez alma e corpo, cumpre vive-la em cada suspiro.
    Deixar que os versos se aninhem em cada olhar, em cada toque.
    Bela poesia que inspira e faz esta salvação.

    Um lindo fim de semana com meu abraço carinhoso.
    Beijo de paz.

    ResponderExcluir
  17. ...você é a poesia!

    beijo imenso nessa alma linda!

    Vivi

    ResponderExcluir
  18. É nunca cessara... serás pra sempre poesia!

    E que a poesia encha teus dias de brincadeiras e alegrias amiga Patrícia!

    Beijos no coração!

    ResponderExcluir
  19. O que seria do mundo sem a poesia? Costumo dizer que, se o papel do intelectual é defender os valores universais e desinteressados como a verdade, a razão e a justiça, o papel do poeta é exatamente o mesmo, mas da maneira mais bela que conseguir versar. E você consegue embelezar muito bem, Patrícia. Parabéns pelo poema. Belíssimo!

    Meus blogs literários:
    O Poeta e a Madrugada (Contos e Poesia)
    Dark Dreams Project (Contos de suspense e terror)

    Abraços!

    ResponderExcluir
  20. A poesia é nosso momento maior, Patrícia. Digo sempre: A POESIA M E TROXE ATÉ AQUI!!! Beijos na alma.

    ResponderExcluir
  21. Olá Patrícia passando por aqui amiga e me deleitando em suas poesias, e cada verso seu toca minha alma , parabéns minha querida poetisa escreves com sentimento e leveza em sua forma de poetar...
    Bjs de luz
    Clarice

    ResponderExcluir
  22. Agradeço o carinho de todos.
    Estou com tempo corrido, mas encontrarei tempo para fazer visita.
    tudo de bom e beijos na alma.

    ResponderExcluir
  23. Que belo poema, Patrícia!
    A poesia consegue ser a grande tradutora dos sentimentos. Do amor, da alegria, da dor, dos sonhos e desejos. E como adorei a imagem da brincadeira : " Brinca comigo feito criança, tira a venda / Dos meus olhos e me ensina a contar até dez".
    A poesia oferece o conforto contra o vazio de um mundo tantas vezes inóspito.
    A imagem é muito bonita, também, e a poesia não nos deixa sucumbir; salva mesmo.
    Obrigada Patrícia por mais um excelente poema.
    xx

    ResponderExcluir
  24. Voltei para retificar o que disse, pois se é salvadora eu não sei, mas que é bonita, ah..., isso é!

    ResponderExcluir
  25. A poesia engradece a nossa alma.
    Imagina como seria o universo sem a poesia.
    Um poema magnífico!
    Deixo um beijo!
    Ótimo fim de semana!

    ResponderExcluir
  26. tudo bem com vc? Sou neta da Célia, e como ela esta se recuperando da cirurgia, eis me aqui lhe fazendo uma visita.
    Eu não tenho blog e sabe? acho que nunca vou ter,é muito cansativo,mas pra ajudar a vovó passei a administrar o http://amigosnadasecretos.blogspot.com.br, e é por isso que estou aqui,para avisar a vc que tem um mimo de páscoa na salinha cesta de páscoa. Ficaria feliz se vc fosse lá dá uma olhadinha, bjssss

    ResponderExcluir
  27. Beleza! Faço minhas as suas palavras, Patrícia.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  28. A poesia é o pó da estrada, é a alegria, a tristeza espaça a alegria. Um dia de sol, outro de chuva, a mão, a luva, o limão, a uva. Um riso de menino, o choro do ancião, um fim de tarde, o amanhecer, eu, você, aquele mais além... Poesia é tanta coisa, Poesia é tudo!

    ResponderExcluir

A verdade está em mim, sou amante dela com todo o fervor, e desse modo peço que todos que aqui passarem, comentem com a alma, com paixão e verdade, deixando a sua opinião particular e individual, afinal, somos seres únicos com visões diferentes!
Que a alma de cada um de vocês transborde nesse espaço tão meu, tão nosso!
Obrigada e beijos na alma!!!!!!!!!!

Patrícia Pinna.