REDESCOBRIDORES DA ALMA!

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Transmutação! By Patrícia Pinna


Encanto da Natureza, mistério no vulto das árvores
Águas límpidas refrescando o calor com o vento
Diminuindo a temperatura não só do corpo
Mas da alma em ira, segundos de torpor

Um verdejante ar de esperança
Na bonança da paz clamada
Os lírios exalando o aroma da concórdia, vitalizante
E, uma expectativa solta pelo ar
Sobretudo, grandiosa feito mar
Transparente, exultante com sua visão de águia
E a solidão das marés

As rochas aconchegam seus pés, servem de repouso
Nova energia ao seu espírito traz com a beleza
De suas variadas formas e tamanhos entre flores,
E, as cores da vida ficam, aos poucos, mais suaves

Cenário poético, abençoado, vida exultante a cobrir 
Os poros de iniciante felicidade, transmutação
Com um poderio visto algumas vezes
Uma dedicação imensa ao seu eu-interior, salvação
Anunciando a liberdade vinda do Colibri!

Autoria: Patrícia Pinna
Vídeo: You Tube
Imagem: Internet



24 comentários:

  1. Maravilhosa inspiração, na natureza, versos leves como o voo do colibri! beijos, lindo fds! chica

    ResponderExcluir
  2. Como sempre, nos surpreendes com os teus escritos. Amei o poema!

    Beijo, bom fim de semana.
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  3. Poesia e natureza peerfeitamente integradas!
    Abraços, Patrícia.

    ResponderExcluir
  4. Patrícia,

    Texto interessante, bem escrito.

    =)
    Marcos

    ResponderExcluir
  5. Bem bonito de se ler, Patrícia. ♥ beijos!

    ResponderExcluir
  6. A Canção é perfeita e as palavras todas alinhadas de maneira delicada, porém muito profunda. Navegar pelo EU é sempre muito prazeroso, mas um tanto dolorido... O que devemos saber é que sempre vale muito a pena nos conhecermos mais e mais...

    Beijinhos, Paty!!!

    ResponderExcluir
  7. Querida amiga você é simplesmente maravilhosa ,um lindo momento de poesia que realça toda a beleza da vida ,muitos parabéns beijinhos no seu lindo coração.

    ResponderExcluir
  8. Saudade desse Blog que continua lindo
    e as inspirações sempre válidas humm
    que belo..

    Bom final de semana..
    Abraços com carinho!

    └──●► *Rita!!

    ResponderExcluir
  9. Que bela poesia, delicada e de natureza perfeita.
    Li..reli... e levarei no meu coração.
    Um encanto profundo que nos faz sonhar.
    obrigada por tamanha beleza.
    Amei
    Rosa Valverde

    ResponderExcluir
  10. OI PATRICIA!
    QUANDO A INSPIRAÇÃO VEM DA NATUREZA, FICA ASSIM, LEVE E POÉTICO.
    BELEZA DE TEXTO AMIGA.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Transmutar - uma ação que requer muita coragem... Está exposto em seu poema: 'salvar o seu eu interior'... Magnífico!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  12. Um lindo voo na precisa e inevitavel transmutação do ser na busca pela unicidade e integração que faz estar em sintonia com todo o universo.
    Bonito trabalho Patricia em mergulho de reflexão.
    Lindo fim de semana com meu carinhoso abraço pleno de paz e luz.
    E na carona deste colibri viajar pelo seu jardim de poesia.
    Beijos de paz e luz amiga.

    ResponderExcluir
  13. Olá Patrícia,

    Um poema belo e de grande delicadeza e sensibilidade.
    A transmutação, que ocorre de maneira espontânea na Natureza, também é necessária em nós para caminharmos em direção ao equilíbrio e à felicidade. E a ajuda da natureza é poderosa nesta tarefa difícil de morrer para renascer melhor.
    A escolha de entrar em contato com nós próprios é extremamente gratificante e revigorante, porque renascemos muito mais fortes e felizes!

    Parabéns!

    Grata pelo carinho.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  14. A natureza nos dá exemplos e nos inspira. Leva-nos a caminhos interiores, se a observamos conscientes e nos permitimos momentos de reflexão. Bela construção, Patrícia! Bjs.

    ResponderExcluir
  15. Linda sua poesia querida Patricia, como a natureza nos inspira amiga querida e lhe inspirou divinamente, parabéns! Beijinhos no coração.

    ResponderExcluir
  16. Venho aqui ler o teu poema,
    como sei o estou comentando
    sei que você não se apoquenta
    mesmo que não esteja gostando!

    Para a próxima vez,
    prometo que farei melhor
    dos teus blogues sou freguês
    não interrompo no amor!

    Se eu pudesse tinha trazido,
    para te dar uma flor
    como a não tinha prometido
    não estou em falta não senhor.

    Tu bem a merece eu sei,
    mas, não se preocupa não
    porque, eu não me esquecerei
    de a colocar em tua mão!

    Boa noite e bons sonhos Patrícia Pinna, um beijinho,
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  17. Liiindo! Me identifiquei em cada linha! Sinto a natureza como agente pacificador, como refúgio para transmutar tbm
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. A natureza se transmuta através das estações, nós, através dos aprendizados que cada fase da nossa vida nos oferece.
    Abraço, Sônia.

    ResponderExcluir
  19. Lindo. Poesia e natureza caminham de mãos dadas. A natureza por si só já é poética. O poeta só terminar de lapidar, tal poesia, em palavras. Beijinhos.

    ResponderExcluir
  20. Quando a inspiração vem da Natureza as palavras nunca se fazem esquivas...
    Um belo poema.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  21. Olá Patrícia!
    Criaste um cenário de transmutação ao mesmo tempo, simples e majestoso. Um eu que se descobre e se transforma interiormente em contacto com a natureza. Um ser a iniciar-se na felicidade, porque liberto nas asas do colibri.
    Excelente poema, Patrícia.
    xx

    ResponderExcluir
  22. A natureza tem o dom de libertar a nossa alma e de inspirar desta forma linda os poetas.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  23. A natureza é sábia e o poder da transmutação está em cada um de nós!Perfeito! Bom dia, amiga Patrícia Pinna! Bjs no ❤

    ResponderExcluir

A verdade está em mim, sou amante dela com todo o fervor, e desse modo peço que todos que aqui passarem, comentem com a alma, com paixão e verdade, deixando a sua opinião particular e individual, afinal, somos seres únicos com visões diferentes!
Que a alma de cada um de vocês transborde nesse espaço tão meu, tão nosso!
Obrigada e beijos na alma!!!!!!!!!!

Patrícia Pinna.