REDESCOBRIDORES DA ALMA!

domingo, 8 de maio de 2016

Hoje, Nasceu Um Triste Dia By Patrícia Pinna



Hoje, nasceu um triste dia
Assim como todos que ficam vazios
Não tem como preencher a lacuna
Desde que junto aos Anjos foi habitar

Sempre triste são todas as vezes
Em que escuto as músicas das quais gostava
E cantava com sua voz de contralto, afinada
Ficando clara a lembrança do momento
Valsando, valsando e valsando...

Não haverá dia sequer que possa chamar de completo
Sua presença partiu muito cedo de nós, lamento
Nem todo unguento que Deus possa dar
Minimizará nosso sofrimento
Inesquecível és, uma estrela, um brilho forte

Partiu, findou a missão por aqui
Mas está viva e sempre estará em nossa memória
Amor maior não existiu, pura doação
E com seu imenso coração agradou a Deus
Poupando-lhe mais sofrimento

Se puder, cuide de nós, seus amados, seus filhos
Tão tolos, por vezes, achando que não partirias  cedo
Perdoe-nos, perdoe-nos, perdoe-nos
Sonhar contigo é um dos consolos que temos

Nosso amor não tem fim, como o firmamento não tem
Nem os mares que levavam a ti por vários lugares
Tampouco a tua bondade absoluta tentando nos agradar

Hoje não é um dia feliz por sua ausência física
Contudo, tua lembrança viva, muito de ti em nós
É a marca que nos deixou por toda a eternidade
Até  o dia em que pudermos nos abraçar novamente
Viva sempre ao nosso lado para nos orientar
Gratos somos sempre por teu amor perdoador
Se houver outra vida, que seja novamente nossa mãe!
Te amamos!


Autoria: Patrícia Pinna
Imagem:  Acervo pessoal
Vídeo: You Tube


Obs: A minha mãe adorava música francesa, se embriagava, e tinha uma vontade imensa de conhecer a França. Quem sabe não é uma estrela por lá?


Um abençoado Dia Das Mães todos os dias!






15 comentários:

  1. Que lindo poema, emocionei-me lendo aqui, pois também tenho a minha mãe por lá, entre os amigos espirituais que estão sempre a nos ajudar!
    Abraços apertados linda amiga!

    ResponderExcluir
  2. É Patrícia... ela foi... tornou-se uma estrela que hoje brilha em você, no seu talento, nos seus poemas para que possamos eternizar esse amor perdoador, como você tão bem o definiu!
    Meu abraço.

    ResponderExcluir
  3. Belo e emocionante momento de poesia querida amiga ,assim é a vida bela e cruel ,infelizmente o ser humano nasce já com a certeza que vai morrer ,apenas não morre todo o amor que mutuamente tinham ,pois esse sim é eterno ,e com certeza hoje brilha mais uma estrela cheia de alegria por ver a filha que deixou mas que tanto ama e amará para todo o sempre ,muitos beijinhos no coração

    ResponderExcluir
  4. Linda e emocionante homenagem à tua mãe.Recheada de saudades! Bela foto! bjs, chica

    ResponderExcluir
  5. A tristeza que tanto nos apoquenta,
    quando quem nos ama e amamos parte para sempre
    fica a dor que tanto nos atormenta
    com a lembrança e a saudade que o coração sente!

    Entendamos essa partida,
    muito lindo e triste poema,
    para o céu por Deus protegida,
    voando como uma leve pena!

    Tenha uma boa noite Patrícia Pinna, um beijo,
    Eduardo.

    ResponderExcluir
  6. Boa noite Patricia.
    Que lindo poema, declaração de amor, impossível não se emocionar diante da grandeza da linda postagem, repleto de muito amor, também tenho a minha mãe no outro lado, e sei e sinto que elas estão com a permissão de Deus nós vendo. Meus parabéns por esse lindo gesto de amor. Enorme abraço.

    ResponderExcluir
  7. Saudade de mãe é mesmo muito dolorida.
    Há um vazio, uma falta de algo, um tempero da vida.
    Bonita e emotiva homenagem à mãe nesta saudade, que
    o dia acelera.
    Uma boa nova semana de paz no coração.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Olá amiga, olha eu aqui...
    Muito comovente o texto aí, parabéns!
    FELIZ DIA DAS MÃES A VOCÊ!
    Beijos no coração
    EU! LEILINHA

    ResponderExcluir
  9. Olá, Patrícia. Linda homenagem! O Dia das Mães erá sempre difícil para quem já perdeu a sua...
    Mas ontem eu tentei ficar contente, e aceitar o fato de que tudo e todos vem e vão na sua determinada hora...

    ResponderExcluir
  10. Um poema comovente de homenagem à Mãe.O meu também é sempre de saudade.
    Um beijo, Patrícia.

    ResponderExcluir
  11. Comovente, Patrícia. Essa constante presença na ausência não tem como preencher realmente. Beijo carinhoso pra você, amiga. ♥

    ResponderExcluir
  12. "Hoje não é um dia feliz por sua ausência física
    Contudo, tua lembrança viva, muito de ti em nós
    É a marca que nos deixou por toda a eternidade"
    Permite-me transcrever estes versos: dizem tudo, Patrícia, é assim que penso e quero continuar a pensar.
    Muito belo, além de comovente, este teu poema.
    Bjo na tua alma

    ResponderExcluir
  13. Olá Patrícia,

    Lindíssima e emocionante homenagem. Tocou-me em especial porque, como você sabe, perdi a minha mãe há menos de dois anos. Impossível que as lembranças não venham mais fortes neste dia especial, o que faz com a saudade se torne mais dolorosa. Com certeza, sua mãe recebeu esta doce e comovente vibração de amor.

    Obrigada pelo carinho!

    Até breve!

    Beijo.

    ResponderExcluir
  14. Linda homenagem.

    Estava com sdd de você viu?

    ResponderExcluir
  15. Deus quis te-la ao lado Dele e quem somos nós para questionar a vontade de Deus? A morte...essa que sempre leva alguém com ela, é assim a vida, todos sabemos que um dia é esse o nosso fim e o dos que mais amamos, mas ninguém está preparado para tão grande dor... Ela sempre rouba alguém de nós, mas nossa história, todas as lembranças que guardamos, ela não levará, nunca!As vezes ficam muitas palavras por dizer, e um enorme vazio... mas tbm fica a certeza que um dia nos veremos de novo.
    Linda homenagem Pati,Deus conforte o coração de vcs amiga,a saudade é grande,mas ficam as lindas lembrança.
    Bjsss

    Célia Lima

    ResponderExcluir

A verdade está em mim, sou amante dela com todo o fervor, e desse modo peço que todos que aqui passarem, comentem com a alma, com paixão e verdade, deixando a sua opinião particular e individual, afinal, somos seres únicos com visões diferentes!
Que a alma de cada um de vocês transborde nesse espaço tão meu, tão nosso!
Obrigada e beijos na alma!!!!!!!!!!

Patrícia Pinna.