REDESCOBRIDORES DA ALMA!

segunda-feira, 3 de junho de 2019

Rios Mansos de Poesia By Patrícia Pinna


Tentei escapar do drama
Mas poetizar o intrínseco me apraz
A profundidade de versos mais densos

Sou de muitas facetas
Mas a mulher que mora em mim
Encontra endereço de profusão
Um amargor primário
Talvez das experiências de luas atrás

Não é atração pela dor
É a vivência do amor
Em sua atmosfera nebulosa e misteriosa
Compreendida por poucos

São nuances sensíveis
De uma personalidade
Frágil e marcante
Combinação especial
Para os amantes
Um sonho apaixonado e apaixonante
Por vezes, derrapante

Oh, deuses regentes da inspiração
Atendei ao nosso pedido
Traga mais sabor ao fel dos versos sangrentos
E deixai voar nossas letras
Por rios mansos de poesia.

Autoria: Patrícia Pinna
Direitos autorais reservados por Lei
Imagens: Internet




12 comentários:

  1. Boa noite minha amiga!
    Adoro todos os seus poemas.
    Identifico-me muito com este tipo de poesia.
    É maravilhosa!
    Beijinhos com meu carinho. Desejo-lhe uma semana abençoada, e muito feliz:::::::::}[[}

    ResponderExcluir
  2. Profundo, percebe-se veio do fundo de tua alma, triste sim, mas belo como a imagem que aqui você colocou, um prazer te ler, bjos

    ResponderExcluir
  3. Linda tua poesia e que nunca sequem esses rios de poesia para inebriar quem as lê! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  4. Bonito,profundo e intimista poema de muita sensibilidade na dor de amar e nem sempre o ver sintonizado.
    Belo trabalho Patricia, meus aplausos.
    Beijo na feliz semana amiga.

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde de paz, querida amiga Patricia!
    A mulher em profusao e intensa e gera poemas sofridos porque tensos, doloridos, de paixao movidos e talvez nao valorizado pela ingratidao.
    Foto bonita, poema bem denso com um sentimento que poucos sabem valorizar.
    Gosto muito da sua sabedoria poetica.
    Muito estilosa e numa bonita apresentacao.
    Tenha dias abencoados!
    Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

    ResponderExcluir
  6. Maravilhosa poesia, profundamente bela e de muita sensibilidade. Não é atração pela dor. É a vivência do AMOR...espetáculo, maravilhoso...aplaudindo muito. Suas poesias são presentes da sua alma para o mundo. Amo muito muito muito. Nem sei comentar tamanha beleza. Obrigada. Rosa Valverde

    ResponderExcluir
  7. Patrícia, seus poemas são especiais e inesquecíveis...
    Cada um tem a sua característica, a sua delicadeza, todo o conteúdo da sua alma...
    Quem dera se os poetas pudessem voar de verdade, pois o fazem nas asas de cada versinho...
    Parabéns querida, uma sábia e dolorida poesia feita do amor...
    Um grande beijo e uma semana fantástica!!

    ResponderExcluir
  8. Muito intenso e belo! Poemas oriundos do âmago da alma. Senti tamanha profundidade nessa estrofe marcante " Não é atração pela dor
    É a vivência do amor
    Em sua atmosfera nebulosa e misteriosa
    Compreendida por poucos" e também essa estrofe é muito marcante " Oh, deuses regentes da inspiração
    Atendei ao nosso pedido
    Traga mais sabor ao fel dos versos sangrentos
    E deixai voar nossas letras
    Por rios mansos de poesia" . Fechando o poema com chave de ouro de intensidade, súplica de um querer demasiado que os deuses da poesia podem ajudar.
    Fique com Deus!
    Boa semana!

    ResponderExcluir
  9. Oi Patrícia,
    Veio me visitar? Que bom!
    Suas poesias são deslumbrantes
    Parabéns poetisa
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  10. Lindos versos, carregados de poesia e sensibilidade. Muito bom visitar e curtir sua página. Sempre encontro algo de bom. Bjs!

    ResponderExcluir
  11. Bom dia, querida Patrícia, que bom poder voltar a ler aqui. Sua poesia é maravilhosa, mesmos com alguns versos tristes, mas sabemos que logo vêm os versos repletos de amor.
    "Traga mais sabor ao fel dos versos sangrentos
    E deixai voar nossas letras". Lindo! Abraço!

    ResponderExcluir
  12. Patrícia, como disse no comentário que lhe deixei no DOUG BLOG, o teu nome representa "De Classe Nobre"... E que nobreza tu exerce em teus versos. Vamos agindo e interagindo por aqui, pois, passei a lhe seguir.
    Até a próxima!!!

    ResponderExcluir

A verdade está em mim, sou amante dela com todo o fervor, e desse modo peço que todos que aqui passarem, comentem com a alma, com paixão e verdade, deixando a sua opinião particular e individual, afinal, somos seres únicos com visões diferentes!
Que a alma de cada um de vocês transborde nesse espaço tão meu, tão nosso!
Obrigada e beijos na alma!!!!!!!!!!

Patrícia Pinna.